Contacto WhatsApp 961135355

Universidade Lusófona do Porto

Núcleo de Estudos e Práticas em Serviço Social 4

Apresentação

Esta UC pretende desenvolver competências sociais e profissionais no âmbito do desenvolvimento de uma abordagem integrada, articulando os recursos necessários à intervenção social local que viabilize diagnótico e construção de respostas às espressões da questão social na sua complexidade. Procura contribuir com a elaboração e aplicação de instrumentos conceptuais e operativos fundamentais para a formulação e operacionalização de metodologias de intervenção de suporte à prática profissional. Bem como busca solidificar os conhecimentos teóricos adquiridos, na sua relação com a prática profissional da/o assistente social e do trabalho em Parceria e em Rede, de forma atingir sinergia de recursos.

Curso

Serviço Social (ULP)

Grau|Semestres|ECTS

| Semestral | 2

Ano | Tipo de unidade curricular | Lingua

2 |Obrigatório |Português

Código

ULP733-22051

Disciplinas complementares recomendadas

Núcleo de Estudos e Práticas em Serviço Social I, II, III.

Estágio

Estágio profissional

Não

Conteúdos Programáticos

1 - Expressões da questão social e cotidiano profissional: conhecendo a região do Porto e os terrenos de intervenção profissional
1.1. A organização administrativa e social do poder local na sua inserção de cidadania
1.2. O diagnóstico social dos municípios e outros instrumentos de planeamento social 
1.3. As diferentes expressões da questão social a partir da realidade dos campos de estágios.

2 - Os instrumentos e técnicas da Intervenção como elementos da dimensão técnico operativa da profissão
2.1. Alguns instrumentos e técnicas na prática cotidiana
2.1.1. Procedimentos individuais: revisitando a entrevista 
2.1.2. Procedimentos coletivos: a visita domiciliária; a reunião 
2.1.3. Procedimentos administrativos: detalhando a documentação 

Objetivos

Conhecer a realidade social do seu município, das políticas públicas e dos serviços e programas existentes;
Desenvolver capacidades profissionais e sociais tendo como referências as competências profissionais do Assistente Social;
Desenvolver competências instrumentais da profissão em diversos níveis: ca po da atenção individual e coletiva: como a entrevista; a visita domiciliária, a reunião e a documentação em Serviço Social; e no ampo da gestão, planeamento, monitoramento e avaliação; contrlolo social;
Extrapolar as fronteiras entre universidade/sala de aula e os fenómenos na sua expressão complexa de factualidade e vivência dos sujeitos; 
Desenvolver uma sensibilidade social e cultural que permita construir posicionamentos e comportamentos diferenciados àcerca dos problemas sociais entendidos na sua complexidade;
Interiorizar procedimentos conducentes à criação de uma atitude investigativa, indo ao porquê e essência dos fenómenos.

 

Metodologias de ensino e avaliação

A UC organizada sob a dinâmica teórico-prática utiliza de metodologias ativas que incentivem à participação e evidenciem o desenvolvimento de cada um. 
Prioriza exercícios de observação das realidades sociais, na perspetiva de reconhecimento da realidade concreta, estratégia fundamental para conhecimento de suas capacidades, potencialidades, limites e desafios. Portanto, as atividades podem ter lugar tanto em sala de aula privilegiando-se   visualização e análise de filmes, análises de experiências, exposições em datashow, dramatizações dos instrumentos, confecções de documentos; pesquisa nos sites estatisticos e entrevista a uma Assistente Social, como também, em espaços exteriores, principalmente nos campos de estágios.

Avaliação:

60 % Construção e apresentação de portifólio
40 %  Trabalhos realizados em aula e em actividades académicas extra classe de interesse da UC; participação nos eventos; Participação nas aulas, e realização dos exercícios propostos.

Bibliografia principal

 

GUADALUPE, SONIA (2019). Por uma agenda centrada na dimensão técnico operativa para o Serviço Social: proposta portuguesa. IN: Revista Libertas. Juiz de Fora: UFJF,Juiz
de Fora, v.19, n.1, p.05 - 28.
MATOS, Maurílio C de. (2013) Serviço Social, Ética e Saúde: reflexões para o exercício profissional. São Paulo: Editora Cortez. Capítulo 3, págs109 a 140.
SANTOS, Cláudia. M. E NORONHA, Karine. (2010)  O Estado da Arte sobre os Instrumentos e técnicas na Intervenção Profissional do Assistente Social: uma perspectiva crítica. IN: GUERRA, Y e FORTI, V. Serviço Social: Temas, Textos e Contextos. Rio de Janeiro: Editora Lúmen Júris.

 


 


 

Horário de Atendimento

Nome do docente  

Horário de atendimento

Sala

Fabrícia Maciel

Segundas-feiras - 16 as 17:00h