Contacto WhatsApp 961135355

Universidade Lusófona do Porto

Introdução à Economia

Apresentação

Disciplina que visa explicitar os fundamentos básicos da economia e a sua relação com os decisores políticos.

Curso

Estudos Europeus, Estudos Lusófonos e Relações Internacionais (ULP)

Grau|Semestres|ECTS

| Semestral | 5

Ano | Tipo de unidade curricular | Lingua

1 |Obrigatório |Português

Código

ULP290-98

Disciplinas complementares recomendadas

Nenhuma

Estágio profissional

Não

Conteúdos Programáticos

Descrição dos conteúdos

  1. Introdução
  2. Princípios do funcionamento da economia
    1. Escolhas
    2. Custo de oportunidade
    3. Pensamento na margem
    4. Incentivos
    5. Vantagens do comércio
    6. Mercados e organização económica
    7. Papel do governo
    8. Consumo e produção
    9. Moeda e inflação
    10. Inflação e desemprego
  3. Teoria do consumidor
    1. Possibilidades de consumo
    2. Horizonte de decisão
    3. Restrição orçamental
    4. Preferências e utilidade
  4. Teoria do produtor
    1. Decisão da empresa
    2. Procura de fatores
    3. Tecnologia
    4. Custo médio e marginal
    5. Economias de escala
  5. Falhas de mercado e falhas de intervenção
  6. Escolha Pública

Objetivos

Alcançar o domínio dos conceitos e teorias básicas da economia, na sua dimensão analítica e política, salientando a problemática da escolha pública. Servir como preparação dos alunos para a melhor compreensão e domínio de conceitos económicos e de finanças públicas. Dotar os alunos da formação necessária para alcançarem uma boa preparação em temas de cariz macroeconómico, indispensáveis à intervenção governamental.

Metodologias de ensino e avaliação

Os discentes podem optar por uma de duas modalidades de avaliação: a avaliação final que compreende a realização de um exame final e a avaliação contínua que compreende a realização de dois exames escritos durante o período letivo, atribuindo-se a cada um deles a ponderação de 50% (cinquenta por cento). Os alunos terão de assistir a pelo menos 75% (setenta e cinco) por cento das aulas, sob pela de ficarem excluídos da avaliação contínua e apenas poderem submeter-se a avaliação na época de recurso. Esta última modalidade de avaliação só se aplicará à época normal, sendo que na época de recurso só haverá lugar à avaliação final, ainda que o aluno tenha optado na época normal pela avaliação contínua.

Bibliografia principal

  • Mankiw, N. Gregory. "Principles of microeconomics." Thomson/South-Western (2004).
  • César das Neves, J.L. (2015), Introdução à Economia (9ª ed.), Lisboa, Verbo

 

Horário de Atendimento

Nome do docente  

Horário de atendimento

Sala

Carlos Guimarães Pinto

13.30-14-30 - Segunda-feira