Contacto WhatsApp 961135355

Universidade Lusófona do Porto

História Económica e Social

Apresentação

Esta U.C. visa inserir a História Económica e Social no contexto do conhecimento histórico e  compreender a Economia e Sociedade do Antigo Regime à Contemporaneidade.

Dessa forma, entende-se os problemas da atualidade como um processo de evolução e mutação ao longo do tempo, tanto os europeus como portugueses.

 

Curso

Estudos Europeus, Estudos Lusófonos e Relações Internacionais (ULP)

Grau|Semestres|ECTS

| Semestral | 5

Ano | Tipo de unidade curricular | Lingua

2 |Obrigatório |Português

Código

ULP290-210

Disciplinas complementares recomendadas

História das Ideologias Políticas

Movimentos Políticos e Sociais

Estágio profissional

Não

Conteúdos Programáticos

1º Bloco temático: A História Económica e Social na confluência com as outras ciências sociais

O lugar da História Económica no conhecimento social

A «revolução» historiográfica introduzida pelos Annales

A concepção braudeliana da longa duração e a Nova História

Evolução, perspectivas e linhas de força da História Económica e Social

2º Bloco temático - Economia e Sociedade: do Antigo Regime ao século XX

Caracterização do período histórico denominado Antigo Regime

 A estrutura económica dos séculos XVII e XVIII: agricultura, manufacturas, o grande comércio

colonial.

O processo de  Industrialização

Características essenciais da sociedade portuguesa do Antigo Regime

As revoluções liberais e as transformações sócio-económicas do mundo ocidental entre finais do século XVIII e meados do século XIX

O domínio imperial europeu do final do século XIX

A economia e sociedade entre Guerras

A Grande Depressão e as soluções de combate à crise

As transformações económicas e sociais do pós-Guerra

Objetivos

Esta UC tem por objetivo a sistematização de conhecimentos sobre a história económica e social do Antigo Regime ao século XX. Assim sendo, os estudantes devem ter a competência de análise crítica sobre os factos económicos e sociais. A competência de abordagem temática em  investigação histórica e a competência de discernir acerca da importância da História Económica e Social para o entendimento da contemporaneidade dentro do conhecimento histórico.

Metodologias de ensino e avaliação

O método é teórico-prático. Baseia-se na apresentação e exposição dos conteúdos programáticos, recorrendo, quando for pertinente, à leitura e análise de textos, de modo a promover a participação dos estudantes na discussão crítica das questões apresentadas. A avaliação é contínua, de acordo com o Regulamento de avaliação da ULP. A avaliação contínua é constituída por dois testes (50%), um trabalho escrito e defendido oralmente durante as aulas (40%) e pela participação nas aulas ao longo do semestre (10%). Cada momento de avaliação recebe a classificação de 0 a 20 valores e da média obtida resulta a classificação final. A aprovação à UC  é obtida com um valor igual ou superior a 10.

 

Bibliografia principal

Boxer, C.R. (2011). O Império Colonial Português, 1415-1825. Lisboa: Edições 70.

Braudel, F. (1992). Civilização material, economia e capitalismo, séculos XV-XVIII.V. 1 e 2.

 Lisboa:Teorema.

Brunel, J. (2012). História Económica do Mundo. Lisboa:  Ed.Texto&Grafia.

Cipolla, C.M. (2000)). História Económica da Europa pré-industrial. Lisboa: Ed. 70.

Mata, M.E.; Valério, N. (2002). História Económica de Portugal. Lisboa: Presença.

Mendes, J.A. (1993). História Económica e Social dos séculos XV a XX. Lisboa: F.CG.

Persson, K.G.; Sharp, P. (2015). An Economic History of Europe: Knowledge, Institutions and Growth, 600 to the Present. 2ª ed. Cambridge University Press.  

 

Horário de Atendimento

Nome do docente  

Horário de atendimento

Sala