Contacto WhatsApp 961135355

Universidade Lusófona do Porto

O Treinador de Futebol na Atualidade

Assista ao resumo do evento que procurou abordar a classe de treinador na atualidade



De forma a promover a formação continua e creditada a Associação Nacional de Treinadores de Futebol com o apoio da Federação Portuguesa de Futebol e em colaboração com a Universidade do Porto realizou no passado dia 16 de fevereiro na Universidade Lusófona do Porto um seminário com o objetivo de abordar a classe de treinador na atualidade assim como a periodização do efetivo treino.

Contou-se com a presença do Presidente da Associação Nacional dos Treinadores de Futebol (ANTF) - José Pereira. Foi este quem abordou a classe de treinador na sua génese, apresentando por esse motivo os requisitos necessários à obtenção do titulo de treinador (que pode passar pela formação académica, profissional e obtida no estrangeiro), assim como o quadro de exigências, a carga horária e as respetivas condições de estágio, pois este é obrigatório.

"A associação funciona como um sindicato", afirmou o Presidente da ANTF, expondo de seguida que é a associação que passa os cartões a todos os treinadores dos clubes nacionais das mais variadas modalidades.

Foram explorados temas como: "O treinador português no estrangeiro", "O planeamento e periodização do treino em futebol", "Diferenças metodológicas no futebol, formação e sénior", "Construção de uma ideia de jogo", "A importância da tomada de decisão no futebol", "A formação no futebol", "Contextos, oportunidades e constrangimentos" e "Etapas de desenvolvimento do jogador de futebol".

"A formação no futebol" distrital foi exposta por Carlos Agostinho, formador da federação académica de futebol. "Há várias dificuldades e constrangimentos. Uma dessas principais dificuldades são jogadores que trabalham e jogadores de diferentes nacionalidades", admitiu o formador.

Filipe Casanova esclareceu a importância da tomada de decisão nomeadamente no futebol. Há 10 anos que vem a estudar a temática e constata que esta está em constante evolução. A tomada de decisão passa pela efetiva capacidade de o atleta saber julgar, decidir e antecipar. "Se a tomada de decisão é treinável? Sim, é." Segundo o professor Casanova é a capacidade de tomar boas decisões que levará o atleta a atingir a excelência desportiva.

Contou-se, também, com a presença de oradores como José Ferraz, Rui Pacheco, Rui Quinta, Miguel Lopes, Filipe Ribeiro, Henrique Calisto e Vítor Oliveira e com a presença de cerca de 142 espetadores.