Contacto WhatsApp 961135355

Universidade Lusófona do Porto

O Pensamento Político de Francisco Sá Carneiro e a Autonomia Regional

Reportagem da sessão do Ciclo de conferências sobre o pensamento político de Francisco Sá Carneiro



A Faculdade de Direito e Ciência Política promove ao longo do ano de 2019, um ciclo de conferências sobre o pensamento político de Francisco Sá Carneiro, um dos mais eminentes fundadores do regime democrático atual, fundador e presidente do PSD e antigo primeiro-ministro de Portugal.

Há 39 anos atrás o país estava em choque. O então primeiro-ministro, Francisco Sá Carneiro, havia falecido num desastre aéreo, logo após ter descolado do Aeroporto de Lisboa, num voo que tinha como destino a cidade do Porto. Até hoje, as causas do acidente ainda estão por esclarecer.

Um dos fundadores do Partido Popular Democrático seguia a bordo com a sua companheira, Snu Abecassis, o ministro da Defesa Nacional, Adelino Amaro da Costa e a sua esposa, o chefe de gabinete Patrício Gouveia e ainda dois pilotos. Todos os passageiros faleceram nesta tragédia, no bairro de Camarate, em Loures. Francisco Sá Carneiro era licenciado pela Faculdade de Direito pela Universidade de Lisboa, em 1956, e foi primeiro-ministro durante onze meses. "Eu nessa noite perdi o maior amigo e maior referencia em toda a minha vida política", disse Alberto João Jardim.

Aliado de ideologias, companheiro de aventuras e um confesso politico Sá Carneirista, Alberto João Jardim - Ex-Presidente do Governo Regional da Madeira - foi recebido na Universidade Lusófona do Porto para falar sobre o pensamento político de Francisco Sá Carneiro e a Autonomia Regional. Esta é uma conferência que fez parte do ciclo de conferências sobre o pensamento político de Francisco Sá Carneiro.

Desde a análise ao seu passado politico, às peripécias com a comunicação social e ao passado de que todos falam - a queda do estado novo e a implantação da democracia - o madeirense refletiu com firmeza "que a Madeira é o que é hoje pelo pensamento estratégico de Sá Carneiro". A fundação do PSD Madeira que diz "ser a principal escolha na Madeira", visto que todos os candidatos eleitos se reconhecem de direita. E confessa "que foi o pensamento de Sá Carneiro que modelou a Madeira dos dias de hoje".

"Responsável pelo início das reformas agrárias, criação de estradas e acessos na Madeira (...) um homem muito acariciado na Madeira (...) Vejam só que nunca mais se repetiu a enchente para receber alguém de uma função politica, como a ele. Lembro-me perfeitamente (...) Um cortejo a acompanhá-la. Uma pessoa sem igual.", Partilhou entre risos e melancolia, Alberto João Jardim.

De notar que este é um ciclo de conferências que já é repetido. O ano passado, refletia-se sobre o pensamento político de Mário Soares.