Contacto WhatsApp 961135355

Universidade Lusófona do Porto

Prémio de Jornalismo "AUA! - ANGELINI UNIVERSITY AWARD 2017/2018"

Com o objetivo de premiar jornalistas e estudantes por trabalhos na área da Saúde Mental


No âmbito da 9ª Edição do AUA! - ANGELINI UNIVERSITY AWARD 2017/2018, subordinada ao tema "Viver com Doença Mental Grave", a farmacêutica Angelini lançou um concurso de reportagem jornalística relacionado com esta temática. Tendo por objetivo ajudar a sensibilizar a opinião pública para as questões da doença mental, o prémio de jornalismo é dirigido aos jornalistas da imprensa escrita, internet e audiovisual, bem como a estudantes do ensino superior das áreas de comunicação e jornalismo, e serão premiadas duas categorias:

  • Jornalistas de imprensa escrita, digital e audiovisual, com carteira profissional, com prémio no valor de 2250 euros
  • Estudantes do ensino superior das áreas de Comunicação e Jornalismo, com prémio no valor de 750 euros

As candidaturas decorrem online até ao dia 30 de Setembro de 2018 e são gratuitas, sendo elegíveis os trabalhos publicados ou emitidos por um meio de comunicação social em Portugal entre 1 de Janeiro e 30 de Setembro de 2018, e que tenham por tema principal questões relacionadas com Saúde Mental. O júri é constituído por um painel de peritos nacionais (da área médica e jornalística), que será anunciado em breve. A informação acerca deste prémio de jornalismo está disponível em aua.pt.

Conceição Martins, representante da Angelini, afirma que "para abordar o problema da doença mental, precisamos de dar uma voz aos que são afetados, excluídos e precisamos de compreender as causas. Ao mesmo tempo, devemos propor soluções práticas que funcionem. Os jornalistas têm um papel fulcral neste debate e foi por isso que criámos este concurso para as reportagens mais originais e informativas."

A temática da Saúde Mental é vasta e os ângulos dos trabalhos em concurso serão muito diversos. Contudo, e tendo em conta o tema da 9ª Edição do AUA! - ANGELINI UNIVERSITY AWARD 2017/2018 - "Viver com Doença Mental Grave", será dada especial atenção aos artigos que abordem pelo menos um dos seguintes aspetos:

  • A análise das causas estruturais da doença mental e suas possíveis soluções
  • Espelhar a realidade quotidiana de quem vive ou acompanha uma situação de doença mental, dando ênfase à dimensão humana da história
  • A ilustração de casos de pessoas que conseguem superar os desafios da doença mental
  • A demonstração dos resultados de ações e atividades em curso levadas a cabo tanto por serviços públicos, pela sociedade civil ou por indivíduos
  • A consciencialização e motivação de leitores e espectadores, demonstrando como podem envolver-se na procura de soluções

A 9ª Edição do AUA! - ANGELINI UNIVERSITY AWARD 2017/2018 é subordinada ao tema "Viver com Doença Mental Grave". Destinado aos jovens universitários portugueses (estudantes de licenciatura, pós-graduação ou mestrado do ensino superior), e com o objetivo principal de estimular a sua criatividade e inovação, o concurso da Angelini Farmacêutica pretende que sejam desenvolvidos projetos multidisciplinares e com aplicabilidade prática relacionados com a temática da doença mental grave. Os projetos terão que ser entregues até 14 de junho.

Com um prémio monetário total no valor de 12.000 euros, o AUA! - ANGELINI UNIVERSITY AWARD 2017/2018 atribui 8.000 euros ao grupo vencedor (5.000€ - candidatos / 2.000€ - professor(a) orientador(a) / 1.000€ - project advisors) e 4.000 euros (2.500€- candidatos / 1.000€ - professor(a) orientador(a) / 500€- project advisors) ao segundo classificado. Todos os participantes recebem um diploma de participação e os 15 melhores projetos são convidados a participar no evento de encerramento, que decorrerá em outubro, onde têm a oportunidade de fazer um pitch perante um painel de jurados especialistas e entidades ligadas ao Sector da Saúde.

Desde o seu lançamento em 2009, o ANGELINI UNIVERSITY AWARD! - que já tratou temas como a nutrição, o desporto, a sustentabilidade do Sistema Nacional de Saúde, os cuidados paliativos em doentes oncológicos e a resistência antimicrobiana- recebeu 445 inscrições, de 113 universidades e politécnicos, que envolveram 1457 candidatos e 263 docentes de acompanhamento, tendo sido entregues 75.500 euros em prémios.

Para mais informações e consulta do regulamento, consultar o site www.aua.pt