Contacto WhatsApp 961135355

Universidade Lusófona do Porto

Pedagogia: Sinais de Mudança no Ensino Superior

Resumo do evento que decorreu no âmbito do Ciclo Ligações & Discussões.



No passado dia 27 de abril, decorreu pelas 18h a sessão via online, intitulada de "Ligações e Discussões" 3º Ciclo de Conferência.

A sessão abordou a Pedagogia: Sinais de Mudança no Ensino Superior, apresentado pela Professora Doutora Ana Vale Pereira, docente da Universidade Lusófona do Porto.

Segundo a docente, há uma conexão entre o conceito de aprendizagem centrada no estudante e o conceito de andragogia, tendo em conta que o processo de aprendizagem dos adultos reveste características que não são as mesmas das crianças e jovens.

A autonomia, a experiência, a prontidão para a aprendizagem e a construção coletiva são alguns dos princípios que comprovam a maior capacidade do processo de aprendizagem dos adultos.

Foi também ponto de discussão o planeamento da administração e a avaliação da aprendizagem. Concluiu-se que é centrada nos estudantes e, muitas vezes, partilhada com o docente. Tudo isto tem implicações pedagógicas. Os métodos inovadores do ensino e a participação ativa visam, desta forma, os objetivos atuais, desenvolvendo, assim, um conjunto de competências que o ensino expositivo não é capaz de desenvolver.

No que diz respeito às componentes da centralidade do estudante, os novos métodos de ensino, as tecnologias digitais, uma pedagogia inovadora e o ensino de alta qualidade são uma fonte propícia a uma melhor e mais rápida aprendizagem.

Ainda, foi feita uma comparação entre Portugal e outros países. Em relação à Suécia, à Dinamarca e à Irlanda, ambos, para além do apoio aos estudantes, oferecem cursos de aprendizagem aos docentes para que, desta forma, o método de transmissão das matérias não fique aquém do esperado, contraindo, assim, um aumento da qualidade pedagógica.

Em relação a Portugal, a professora foi perentória em afirmar que o país está desenvolvido no que diz respeito à criação dos institutos politécnicos, por exemplo, criando, desta forma, boas práticas nos métodos ensino-aprendizagem.