Contacto WhatsApp 961135355

Universidade Lusófona do Porto

A Identidade do Futebol Português

Sessão de esclarecimento contou com a presença do Professor Joaquim Milheiro, veja o resumo!



Joaquim Milheiro, coordenador técnico das seleções sub15 - sub20 da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) que afirma não ter receitas para os alunos e somente experiências e vivencias, é o convidado da sessão de esclarecimento sobre a identidade do futebol nacional. A sessão decorreu no passado dia 27 de fevereiro.

O orador cria uma ponte com os descobrimentos portugueses ao explicar a capacidade de adaptação dos portugueses e contextualiza ao afirmar que hoje em dia revê-se esta capacidade no futebol português e nos jogadores nacionais. A identidade do futebol nacional passa, então, pela articulação harmoniosa da identidade de jogo, da identidade do jogador, da identidade metodológica, da identidade técnico-estratégica, da identidade organizativa e da identidade do treinador. Sendo esta última muito importante.

A identidade desenvolve-se, no entanto, através de ações que potenciem os seus diferentes intervenientes, da interação com contextos de identidade e concentração superiores, através da organização de uma dinâmica especifica de esforços e através da interpretação das necessidades de cada equipa e de cada jogador. A identidade do jogador passa nomeadamente pelo compromisso que estabelece, pela ambição que possuiu, pela qualidade da técnica, pela inteligência de jogo adquirida, pela velocidade e pela agressividade.

É partindo da identidade de jogador que Joaquim Milheiro enfatiza a importância de as crianças portuguesas na sua maioria gostarem de futebol, pois "quanto mais cedo pegam numa bola, melhor serão".

Partindo de exemplos práticos e da enumeração de alguns jogadores termina a sessão afirmando e demonstrando a transcendência e a transversalidade da Federação Portuguesa do Futebol e como essas características ajudaram na construção da identidade do futebol nacional.