Contacto WhatsApp 961135355

Universidade Lusófona do Porto

Próxima paragem: Fake News ou Cidadania Digital?

Resumo da VI Conferência Jornalismo Frankenstein.



A 6.ª edição da conferência anual "Jornalismo Frankenstein" regressou no dia 11 de maio, intitulada "Próxima Paragem: Fake News ou Cidadania Digital".

O evento organizado pelos finalistas de Ciências da Comunicação (ramo de Jornalismo) da Universidade Lusófona do Porto, com a orientação da docente Vanessa Rodrigues, lançou aos convidados o desafio de discutir as fake news e a desinformação - essencialmente no contexto online.

Maria José Brites, investigadora do CICANT (Centre for Research in Applied Communication, Culture, and New Technologies), veio mostrar como a literacia para os media é um passo fundamental para combater a sociedade desinformada.

No seguimento do raciocínio, o jornalista Paulo Pena concordou que as pessoas devem ser céticas à informação que consomem e procurar sempre descobrir a origem da mesma.

Por sua vez, Gustavo Sampaio, diretor-adjunto do "Polígrafo" explicou um pouco dos processos e métodos de factcheking.

Ainda Cristina Tardáguila, fundadora da Agência LUPA no Brasil, focou a sua exposição na desinformação pandémica, a qual classificou em 9 fases.

Após um debate entre participantes e internautas, fica a promessa de uma próxima edição do "Jornalismo Frankenstein".