Contacto WhatsApp 961135355

Universidade Lusófona do Porto

Dia do Pensamento Crítico 2022

Estudantes da Universidade Lusófona do Porto em Destaque.



Três dos trabalhos de estudantes da ULP apresentados no Dia do Pensamento Crítico 2022, obtiveram o primeiro lugar no concurso nacional que juntou Instituições do Ensino Superior de todo o país, cuja fase final decorreu no sábado 21 de maio. Em quatro prémios possíveis, um outro estudante da ULP ficou em terceiro lugar.

Coordenada na ULP pela Professora Doutora Cândida Manuel, diretora da licenciatura em Engenharia do Ambiente, esta iniciativa promovida pela Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD) juntou cerca de uma centena de estudantes, professores, doutorandos e especialistas exteriores à universidade nas quatro áreas de reflexão propostas: a problemática da água, da participação democrática dos jovens na sociedade, da igualdade de género e da desinformação. A Associação Portuguesa de Recursos Hídricos apoiou esta iniciativa com através da participação de especialistas na área da gestão sustentável da água, bem como na outorga de prémios de participação aos envolvidos.

A iniciativa, que vai na sua quarta edição anual, visa desenvolver os processos e técnicas do Pensamento Crítico em torno dos temas propostos. Depois de uma jornada de trabalho realizada a 11 de maio em cada uma das instituições, os trabalhos apurados para a final nacional foram apresentados pelos respetivos autores na sessão nacional, que decorreu em linha, durante a manhã de 21 de maio.

Num comentário à participação da ULP na iniciativa, a professora Cândida Manuel enalteceu, para além dos bons resultados obtidos pelos estudantes, a qualidade do trabalho de equipa que uniu estudantes, professores, doutorandos e serviços de secretariado.

Os trabalhos dos estudantes da ULP foram vencedores nas três primeiras áreas temáticas foram:
- Carla Miranda, estudante de Ciências de Engenharia Aeroespacial, sobre a água e a sua gestão,
- Daniela Monteiro, estudante de Gestão e Desenvolvimento de Recursos Humanos na temática de igualdade e género e
- Délcio Pedro, estudante de Engenharia Eletrotécnica de Sistemas de Energia nas questões de participação democrática dos jovens.

Na área da desinformação, o estudante Nazmul Hazari, estudante de Engenharia Informática recebeu uma menção de honra, ficando muito perto do trabalho vencedor.

Rui Pereira, Diretor da Licenciatura em Ciências da Comunicação