Contacto WhatsApp 961135355

Universidade Lusófona do Porto

Acontecimentos públicos e emoções coletivas - Resumo

Reportagem da Conferência integrada no IV Ciclo Anual de Conferências ULP/Rivoli.



No passado dia 16 de novembro, pelas 18:30h, teve lugar no Teatro Rivoli do Porto a conferência intitulada de "Acontecimentos Públicos e Emoções Coletivas".

Na conferência estiveram presentes Louis Quéré, um sociólogo francês e diretor emérito do Centro Nacional de pesquisa científica, o Professor João Sousa Cardoso, docente da Universidade Lusófona do Porto e a reitora da Universidade, Professora Isabel Babo que, ao longo da conferência procederam à tradução do discurso do sociólogo.

Louis Quéré abordou diversos temas, entre os quais, o poder emocional dos acontecimentos públicos e as reações emocionais suscitadas pelos mesmos nos media, uma vez que, segundo o sociólogo, são os principais responsáveis não só pela opinião que é formada como também pelas emoções de quem assiste devido ao tipo de discurso e apresentação que os mesmos transmitem.

Durante a entrevista Louis Quéré foi perentório em afirmar que, por vezes, aqueles que estão presentes no evento não são os mais confiáveis, uma vez que, segundo o sociólogo, é necessário existir um distanciamento para perceber o que realmente aconteceu.

As reações aos atentados terroristas foram também tema de discussão apoiando-se no trabalho de Gérôme Truc, uma vez que foi coorientador do mesmo para a sua tese final de doutoramento.

Segundo a teoria do sociólogo, há acontecimentos que passam despercebidos, mas outros que marcam a história, como é o caso do Bataclan, um atentado terrorista que aconteceu em novembro de 2015 em Paris, durante um concerto e que, até aos dias de hoje, permanece na memória de muitos.