Contacto WhatsApp 961135355

Universidade Lusófona do Porto

Mestrado em Psicologia da Justiça

Faculdade de Psicologia, Educação e Desporto

Candidatar-me a este curso

Apresentação do Curso

O 2º ciclo em Psicologia da Justiça: Vítimas de crime surge na continuidade do 1º ciclo de estudos em Psicologia. Assume como principal objetivo a aquisição, o treino e o aperfeiçoamento de competências avançadas de observação, avaliação e intervenção psicológica em contextos e problemáticas da Psicologia da Justiça, mais especificamente, no trabalho com vítimas, ofensores e grupos de risco. Simultaneamente, pretende dotar os estudantes de conhecimentos e competências para a realização de investigação inovadora nesta área de especialização. É, ainda, objetivo deste ciclo de estudos, auxiliar os estudantes na construção da sua futura identidade profissional, promovendo o raciocínio ético-deontológico e uma postura de abertura e colaboração no contexto do trabalho multidisciplinar.

Razões para frequentar este curso

  • Todo o corpo docente possui o grau de doutor e tem vasta e sólida experiência científica e profissional nas áreas de conhecimento do CE. Reconhecimento dos docentes como Especialistas pela OPP (Psicologia Clínica e da Saúde, Especialidade Avançada em Psicologia da Justiça);
  • Acreditação profissional do CE pela OPP (Psicologia da Justiça, 240 créditos) e acreditação pela A3ES pelo tempo máximo e sem quaisquer condições;
  • Permite uma formação especializada quer na área da vitimação, quer na área da criminalidade, possibilitando, simultaneamente conhecimentos e competências de avaliação e intervenção com vítimas e com ofensores/as.
  • Plano de estudos equilibrado nas vertentes teórica e prática com elevada ênfase no desenvolvimento de competências consideradas essenciais no exercício profissional na área da Psicologia da Justiça (ex., intervenção com vítimas, ofensores, grupos de risco, avaliação psicológica forense, prevenção do crime)
  • Protocolos com diversas entidades para estágios no domínio da Psicologia da Justiça, possibilitando aos estudantes a sua integração em diferentes contextos (ex., gabinetes de atendimento a vítimas, estabelecimentos prisionais, centros educativos, CPCJ)
  • Desenvolvimento da Dissertação no âmbito das linhas de investigação desenvolvidas pelos docentes no centro de investigação, acreditado pela FCT e que garante o acesso a uma rede nacional e internacional de instituições de referência no âmbito da investigação.

Despacho do curso

Despacho n.º 9734/2014, de 28 de julho alterado pelo Despacho nº. 12727/2020, de 31 de dezembro

Estado de acreditação pela A3ES

Acreditado - Deliberação da A3ES

Data de publicação da decisão

18/02/2020

Registo

R/A-Cr 101/2014

Grau ou Diploma conferido | Duração | ECTS

Mestre |2 Semestres |120 ECTS

Direção do Curso

Prof.ª Doutora Carla Margarida Vieira Antunes

Sub-direção de Curso

Prof.ª Doutora Ana Rita Conde Dias

Condições de Ingresso

Podem candidatar-se ao ciclo de estudos conducente ao grau de mestre:
a) titulares de grau de licenciado ou equivalente legal;
b) titulares de um grau académico estrangeiro conferido na sequência de um 1º ciclo de estudos organizado de acordo com os princípios do processo de Bolonha por um Estado aderente a esse processo;
c) titulares de um grau académico superior estrangeiro que seja reconhecido como satisfazendo os objetivos do grau de licenciado pelo órgão estatutariamente competente;
d) detentores de currículo escolar, científico ou profissional, que seja reconhecido pelo órgão estatutariamente competente da ULP como atestando capacidade para realizar este ciclo de estudos.

Critérios de seriação:
a) Classificação da Licenciatura ou equivalente legal - 70%
b) Formação complementar/atividades extracurriculares - 10%
c) Currículo profissional/produção científica - 10%
d) Carta de motivação e, caso se justifique, entrevista - 10%

Requisitos de Graduação

Ter concluido um total de 120 ECTS

Objetivos

Este CE tem como objetivo promover a aquisição de conhecimentos e competências fundamentais ao exercício da Psicologia na área da Justiça, mais especificamente:
a) O conhecimento aprofundado dos contextos, das modalidades de atuação e dos papéis do psicólogo no domínio da Psicologia da Justiça;
b) A aquisição, treino e aperfeiçoamento de conhecimentos e competências de observação, avaliação e intervenção psicológicas em contextos e problemáticas específicas desta área, nomeadamente na vitimação e na criminalidade;
c) O desenvolvimento de competências específicas de avaliação psicológica de vítimas e de ofensores/as em contextos de justiça/forense;
c) O desenvolvimento de competências de reflexão e análise crítica dos diferentes modelos e modalidades de prevenção e intervenção no âmbito da vitimação, da criminalidade e do risco;
e) O desenvolvimento de competências de planeamento e de execução de investigação nesta área de conhecimento;
f) A construção de uma identidade profissional alicerçada em torno dos princípios éticos e deontológicos e de uma postura de abertura e colaboração face ao trabalho multidisciplinar que orientam a prática psicológica neste contexto.

Destinatários

Titulares de uma licenciatura em Psicologia (1º Ciclo) e titulares de uma licenciatura em Psicologia pré-Bolonha (5 anos de formação com estágio curricular integrado).

Conhecimentos, capacidades e competências a adquirir

a) Reconhecer o estado da arte de temáticas da área de especialização;
b) Selecionar criticamente métodos, técnicas e instrumentos de avaliação psicológica de vítimas (adultas e crianças) e de ofensores/as (adultos e jovens) neste domínio;
c) Planificar e implementar protocolos de avaliação psicológica, em contextos de justiça/forense, maioritariamente, de vítimas e de ofensores/as e redigir os respetivos relatórios;
d) Reconhecer diferentes modelos conceptuais, modalidades e técnicas de intervenção psicológica, bem como planificar e implementar planos de intervenção no âmbito de problemáticas específicas, quer com vítimas quer com ofensores;
e) Planear, implementar e avaliar programas de prevenção do crime e da vitimação;
f) Demonstrar competências de trabalho em equipa multidisciplinar;
g) Desenvolver estudos empíricos originais, articulando-os com as metodologias de investigação mais apropriadas;
h) Respeitar os princípios éticos nas atividades de avaliação, prevenção, intervenção e investigação neste domínio.

Equipamentos e Instalações

Laboratório de Psicologia
Testoteca
Serviço de Psicologia da ULP (SPULP)

Para além dos recursos físicos e tecnológicos, a Faculdade de Psicologia, Educação e Desporto assegura, um conjunto um conjunto de recursos orientados para a promoção do sucesso académico e desenvolvimento integral dos/as estudantes. São, de salientar o Projeto de Tutorias e Aconselhamento (¿Tutorias@SPULP¿), o Projeto de Práticas Pedagógicas (orientado para a produção uniformização de práticas e instrumentos de apoio pedagógico para docentes e estudantes), o Projeto de Iniciação à Investigação (através da integração de estudantes do 1º ano em projetos de investigação em curso) e a articulação com os projetos pedagógicos da universidade, onde se incluem as iniciativas regulares de formação extracurricular dos/as estudantes e de promoção de intercâmbio e internacionalização, como é o caso do Programa Erasmus.

Estudos Futuros

3º Ciclo em Psicologia ou em áreas afins

Saídas Profissionais

Possibilita a inscrição na Ordem dos Psicólogos Portugueses (OPP), obrigatória para o exercício da Profissão, posterior à realização de estágio profissional tutelado pela OPP.

Investigação

Os docentes do CE integram o centro de investigação HEI-Lab (Digital Human-Environment Interaction Lab) do grupo Lusófona, financiado pela FCT. Neste âmbito, os docentes têm vindo a desenvolver investigação em áreas diversificadas no domínio da Psicologia da Justiça, nomeadamente: (1) Vitimação e funcionamento psicológico, com a análise dos processos dinâmicos e contextuais do impacto psicopatológico e/ou de um funcionamento ótimo/resiliente; (2) Adversidade, risco e trajetórias de delinquência/criminalidade, com a exploração de fatores de risco e protetores envolvidos no comportamento criminal e no desenvolvimento e disseminação de programas de prevenção e intervenção; (3) Psicologia e sistema de justiça, com foco no estudo das representações face à parentalidade em contextos de risco e à reabilitação de ofensores/as, junto da comunidade e interlocutores do sistema formal. Os estudantes do CE podem desenvolver os projetos de dissertação de acordo com os seus interesses e integrados nestas áreas de investigação.

Observações

Regime de funcionamento laboral e pós-laboral.

Áreas Científicas

Psicologia | Direito | Sociologia e outros estudos

Ligações

Plano de Estudos

Corpo Docente

Lista de Professores do Curso, Habilitações e Regime de Tempo
DocenteHabilitações AcadémicasRegime
Ana Rita Conde DiasDoutoramentoTempo Integral
Andreia De Paiva Ribeiro De MouraDoutoramentoTempo Integral
Andreia Patricia Guimarães MachadoDoutoramentoTempo Parcial
Carla Margarida Vieira AntunesDoutoramentoTempo Integral
Célia Isabel Lima FerreiraDoutoramentoTempo Integral
Diogo Jorge Pereira Do Vale Lamela Da SilvaDoutoramentoTempo Integral
Inês Fernandes GodinhoDoutoramentoTempo Integral
Olga Cecília Soares Da CunhaDoutoramentoTempo Parcial
Ricardo José Martins PintoDoutoramentoTempo Integral

Valores

2021/22
Titulares de curso superior 150 €
Titulares de Curso Superior Estrangeiro 350 €
2021/22
Seguro Escolar40 €
Matrícula e Inscrição200 €
2021/22
Valor médio mensal para 30 ECTS para disciplinas semestrais 299,4 €
Valor por ECTS 9,98 €

A este ciclo de estudos/programa de formação aplicam-se as tabelas de emolumentos em vigor na Universidade Lusófona do Porto para o presente ano letivo