Contacto WhatsApp 961135355

Universidade Lusófona do Porto

Mestrado em Literacia dos Media e da Informação e Cidadania Digital

Faculdade de Comunicação, Arquitetura, Artes e Tecnologias da Informação

Candidatar-me a este curso

Apresentação do Curso

O mestrado em Literacia dos Media e da Informação e Cidadania Digital - MILCitizen centra-se nas questões prementes da sociedade mediatizada sobre as literacias digitais, críticas, transversais, sob o ponto de vista mediático, mas também cívico, tanto mais que atualmente as questões da cidadania estão inegavelmente ligadas à educação para os media.
Tendo por base uma visão Humanista do campo e seguindo as diretrizes da UNESCO sobre a Media and Information Literacy/Literacia dos Media e da Informação (MIL), este ciclo de estudos foi concebido para melhorar e especializar as competências de profissionais na área MIL, criar novas competências profissionais acerca dos diversos temas contemplados no plano de estudos e ainda permitir adquirir competências para ingressar na via de investigação. Para esse efeito, este curso prevê as modalidades de Projeto, Estágio ou Dissertação.

Área científica predominante do ciclo de estudos: Ciências da Comunicação (321)
Segunda área fundamental: Ciências da Educação (142)

Despacho do curso

Despacho n.º 10032/2019, de 5 de novembro

Estado de acreditação pela A3ES

Acreditado - Deliberação da A3ES

Data de publicação da decisão

05/09/2019

Registo

https://dre.pt/home/-/dre/125883661/details/maximized

Grau ou Diploma conferido | Duração | ECTS

Mestre |2 Semestres |120 ECTS

Direção do Curso

Maria José Brites

Sub-direção de Curso

Elisabete Pinto da Costa

Secretariado

Gisela Ribeiro

Condições de Ingresso

Podem candidatar-se ao ciclo de estudos conducente ao grau de mestre:
a) titulares de grau de licenciado ou equivalente legal;
b) titulares de um grau académico estrangeiro conferido na sequência de um 1º ciclo de estudos organizado de acordo com os princípios do processo de Bolonha por um Estado aderente a esse processo;
c) titulares de um grau académico superior estrangeiro que seja reconhecido como satisfazendo os objectivos do grau de licenciado pelo órgão estatutariamente competente;
d) detentores de currículo escolar, científico ou profissional, que seja reconhecido pelo órgão estatutariamente competente da ULP como atestando capacidade para realizar este ciclo de estudos.

Requisitos de Graduação

Ter concluido um total de 120 ECTS

Objetivos

O MILCitizen tem como objetivo formar profissionais competentes na área da educação para os media, cruzando a área das Ciências da Comunicação com a Educação, sempre em articulação com o exercício da cidadania digital, com ligação aos processos críticos, à cidadania e à criatividade, em áreas de intervenção fundamentais na Europa e da sociedade global atuais.
Este mestrado visa dar resposta a uma necessidade de formar ao longo da vida na área da MIL, carência identificada por diversas identidades públicas nacionais e internacionais.
Pretende-se também proporcionar aos estudantes uma prática científica e profissional qualificada e especializada na comunicação focada na educação (crítica) para os media e potenciadora de práticas promotoras de literacias cívico-mediáticas.

Destinatários

As 15 vagas do mestrado em Literacia dos Media e da Informação e Cidadania Digital - MILCitizen destinam-se, em especial, a licenciados das Ciências da Comunicação e Ciências da Educação, podendo ser de utilidade científica e profissional de: Jornalistas e outros comunicadores; Produtores de conteúdos mediáticos; Profissionais da área do marketing; Professores e outros educadores; Profissionais que trabalham com crianças e jovens (no sector público e privado); Mediadores educativos e culturais; Profissionais de Organizações Não-Governamentais; Decisores políticos e culturais; Investigadores; Outros interessados na temática.

Conhecimentos, capacidades e competências a adquirir

Pretende-se dotar os estudantes de sólidos conhecimentos teórico-práticos e de competências que permitam assegurar quatro pontos:
1) Orientar nas práticas de ensino e de aprendizagem em ambientes mediatizados,
2) Facilitar processos de pesquisa avançada no âmbito da educação crítica para os media e desinformação,
3) Proporcionar o desenvolvimento de projetos no âmbito das políticas públicas e da inovação,
4) Sensibilizar e capacitar para a cidadania digital.
Estas competências permitem não só a aplicação de projetos MIL na sociedade civil, em diversas gerações, como também fazer pesquisa avançada e contribuir para uma área fundamental de criação, monitorização e avaliação das políticas públicas da temática.

Além destas quatro áreas fundamentais, mais abrangentes, elencam-se outras competências específicas:
- Identificar conceitos e tendências que contribuam para a evolução da pesquisa no contexto da MIL;
- Conhecer os modelos pedagógicos disponíveis para os diversos níveis de educação;
- Analisar criticamente novos modelos de pedagogia e ambientes virtuais;
- Compreender a importância dos media digitais no exercício da cidadania;
- Compreender a cidadania digital e sua relação com a MIL;
- Conhecer os principais atores, políticas e modelos de desenvolvimento da cidadania digital;
- Compreender os paradigmas e teorias que melhor se encaixam no ensino e aprendizagem da cidadania digital;
- Ser capaz de projetar estratégias e programas que contribuam para o desenvolvimento de habilidades de cidadania digital;
- Ter a capacidade de projetar projetos de pesquisa que contribuam para o desenvolvimento da MIL e da cidadania digital;
- Questionar criticamente a relação entre os cidadãos e os meios de comunicação em diferentes contextos de vida;
- Analisar criticamente o impacto dos meios de comunicação na promoção dos direitos humanos e da qualidade da democracia;
- Identificar as contribuições dos debates atuais na área para a evolução da literacia crítica dos media;
- Identificar os papéis dos atores na aquisição de habilidades digitais no contexto da MIL;
- Analisar criticamente os métodos de medição dos níveis de competências digitais;
- Compreender o conceito de políticas públicas, seus instrumentos e estratégias de implementação, no âmbito da MIL;
- Analisar criticamente modelos regulatórios no contexto da MIL;
- Organizar projetos de pesquisa em políticas públicas MIL;
- Identificar e usar a criatividade dos media;
- Usar medias sociais, técnicas de storytelling e outras ferramentas para melhor comunicar e envolver o público.

Saídas Profissionais

O mestrado em Literacia dos Media e da Informação e Cidadania Digital propõe-se a assegurar uma formação avançada complementar de perfis profissionais que adquirem conhecimentos e competências que lhes permitam ingressar no mercado de trabalho ou alcançar mais oportunidades de emprego.
Tipo de empresas e instituições que poderão empregar os nossos estudantes: Provedores de conteúdo na Web; Empresas de media; Empresas jornalísticas; Empresas de software liberando Web rastreadores e navegadores; ONGs; Serviços públicos (como municípios, entidades governamentais e organizações); Empresas ligadas aos media; Organizações políticas; Instituições de ensino obrigatório; Universidades; Redações de meios de comunicação social; Escolas; Instituições de ensino superior.

Investigação

Os docentes da ULP integram centros de investigação inseridos nas áreas científicas do ciclo de estudos:
- CICANT - Centro de Investigação em Comunicação Aplicada, Cultura e Novas Tecnologias, com as seguintes linhas de investigação: Media tecnologias e literacias, Sociedade, media e cultura e, por fim, Media, artes e indústrias criativas.
- CeiED - Centro de Estudos Interdisciplinares em Educação e Desenvolvimento, que no contexto das Políticas Públicas de Educação inclui as seguintes linhas de investigação: Currículo, recursos educativos e cidadania global, Inclusão, aprendizagem e mediação socioeducativa, Formação de educadores e professores.

Observações

Constituindo-se como uma oferta diferenciadora no espaço nacional e europeu e sendo um nível intermédio entre a licenciatura e o doutoramento, este mestrado em Literacia dos Media e da Informação e Cidadania Digital está munido de ferramentas para:
1 - Ser flexível na abordagem de conteúdos que se distribuem por unidades curriculares (UC) organizadas de forma coerente, em termos teóricos e práticos, reforçados por uma equipa de docentes especializados nas áreas das UCs propostas.
2 - Ser uma proposta inovadora também em termos societais, uma vez que trata de um assunto que nos interpela todos os dias, nesta sociedade fortemente mediatizada, e muitas vezes mediatizada. Os produtos a produzir no âmbito do curso poderão revelar-se como elementos de desenvolvimento, social, cultural e económico.
3 - Fomentar a ideia do investigador que age, partindo de uma base sólida em termos teóricos, para a concretização de projetos concretos de atuação/mudança social.
4 - Afirmar a transversalidade de áreas científicas, necessária para dar respostas às problemáticas que se levantarão e para as quais se procurará soluções, sobretudo nas Ciências da Comunicação, mas também e nas Ciências da Educação.
5 - Que as Unidades Curriculares respeitem uma visão holística e complementar em relação à MIL, com uma aposta na teoria e na empírica e ainda em áreas como sociedade e cidadania, políticas públicas, processos criativos e digitais, o empoderamento do cidadão, leituras críticas, desordens informativas, aliadas ao pensamento sobre as metodologias específicas da área.
6 - Assegurar que o trabalho dos estudantes seja efetivo, através do acompanhamento ao longo do curso, em particular com duas UC ao longo de 3 semestres. Com Metodologias I, II e III e Seminário interativo I, II e III, teremos capacidade reforçada para acompanhar proximamente os estudantes para que façam um trabalho regular e intenso, com qualidade, e que seja concluído dentro dos dois anos letivos.

Protocolos de estágio:
- Alto Comissariado para as Migrações
- European Literacy Network
- LUSA
- Plano Nacional de Leitura
- Rede de Bibliotecas Escolares
- Santa Casa da Misericórdia do Porto

Outros protocolos:
- Público na Escola


Outras observações relevantes:
No 2.º semestre, o estudante deve escolher uma das seguintes UC opcionais:
- Políticas Públicas e Organização de Projetos em Literacia dos Media e da Informação
- Criatividade dos Media e Aprendizagens com Literacia dos Media e da Informação

Plano de Estudos

Despacho n.º 10032/2019, de 5 de novembro
1.º Ano/ Tronco comumSemestre ECTS
Literacia Crítica dos Media e da Informação1º Semestre7
Metodologias de Investigação em Literacia dos Media e da Informação I1º Semestre4,5
Novos Modelos de Pedagogia e Ambientes Participativos Online1º Semestre7
Seminário Interativo I1º Semestre4,5
Sociedade, Media e Cidadania Digital1º Semestre7
Competências Digitais e Literacia dos Media e da Informação2º Semestre7
Desordens Informativas2º Semestre7
Metodologias de Investigação em Literacia dos Media e da Informação II2º Semestre4,5
Opção2º Semestre7
Seminário Interativo II2º Semestre4,5
2.º Ano/ Tronco comumSemestre ECTS
Dissertação / Estágio / Projeto - I1º Semestre20
Metodologias de Investigação em Literacia dos Media e da Informação III1º Semestre5
Seminário Interativo III1º Semestre5
Dissertação / Estágio / Projeto - II2º Semestre30

Valores

2020/21
Titulares de curso superior 140 €
Titulares de Curso Superior Estrangeiro 325 €
2020/21
Seguro Escolar40 €
Matrícula e Inscrição200 €
2020/21
Valor médio mensal para 30 ECTS para disciplinas semestrais 259,2 €
Valor por ECTS 8,64 €

A este ciclo de estudos/programa de formação aplicam-se as tabelas de emolumentos em vigor na Universidade Lusófona do Porto para o presente ano letivo