Contacto WhatsApp 961135355

Universidade Lusófona do Porto

Tecnologias de Vídeo e Áudio

Curso

Videojogos e Aplicações Multimédia (ULP)

Grau|Semestres|ECTS

Licenciatura | Semestral | 6

Ano | Tipo de unidade curricular | Lingua

3 |Obrigatório |Português

Total de horas de Trabalho | Tempo de Contacto (horas)

150 | 60

Código

ULP2533-16950

Disciplinas complementares recomendadas

Não aplicável

Modalidade de Ensino

Face-a-face

Precedências

Não

Estágio profissional

Não

Conteúdos Programáticos

Aspetos semiológicos da Linguagem Audiovisual
Imagem no espaço audiovisual _ escala de enquadramentos/planos; grupos de planos, colocação de câmara.
Linguagem fílmica _ movimentos de câmara, pontuação cinematográfica, ligações entre planos, articulação espacial (tempo, raccords, eixos da ação, montagem, espaço diegético, espaço não diegético, espaço metadiegético.
Som no espaço audiovisual _ categorias dos fenómenos sonoros, música, distinção/tipificação de efeitos sonoros/ musicais, (som diegético, som não diegético, som metadiegético).
Áudio
Som analógico _ movimento vibratório, propagação do som.
Som digital _ frequência de amostragem, clipping, teorema de amostragem, processamento/filtros, compressão, formatos, midi, software de composição, software de edição, software de síntese.
Vídeo
Imagem em Movimento
Imagem vídeo câmara de vídeo, características do sinal, iluminação.
Vídeo digital processamento, compressão, software de edição

Objetivos

Ao longo desta unidade curricular, os discentes irão desenvolver as seguintes competências:
Identificar e reconhecer as principais e mais tradicionais técnicas de design de som usadas em pós-produção de som para imagem vídeo/cinema.

Conhecimentos, capacidades e competências a adquirir

Aprofundar o conceito de edição cinematográfica, do trabalho do editor e das várias etapas deste processo criativo;
Aprofundar as teorias estéticas e técnicas da edição videográfica;
Editar uma sequência e sincronizá-la para uma trilha sonora;
Desenvolver competências básicas em ferramentas e técnicas de edição não linear (Final Cut Studio ou Premier Pro).

Metodologias de ensino e avaliação

A abordagem seguida é orientada para o desenvolvimento de competências de trabalho em equipa, passando por questões de natureza conceptual, técnica, logística, operacional e organizativa. Para a concretização de cada um dos produtos audiovisuais os alunos irão: adaptar ideias e argumentos às condições de produção, criar listas de planos, storyboards, planos de filmagens, plantas de iluminação, plantas cenográficas, etc. Neste sentido, os alunos constituem grupos de trabalho, com os quais irão desenvolver os vários exercícios. No decorrer do semestre, e dependendo da especificidade de cada exercício, cada aluno desempenha as várias funções essenciais para a concretização de uma produção audiovisual (p.e. Realizador, Diretor de Fotografia, Operador de Câmara, Operador de Som, Produtor, Anotador, Assistente de Realização, etc.). As aulas são teórico-práticas.

Bibliografia principal

AICHER, Otl Analógico y digital. Barcelona: Editorial Gustavo Gili, 2001.
ARTIS, Anthony Q. The shut up and shoot documentary guide. E.U.A.: Focal Press, 2007.
BARTLETT, Bruce Stereo microphone techniques. Boston: Edition. Focal Press, 1991.
BLAUERT, Jens Spatial hearing. Cambridge: MIT Press, 1983.
BOUSSEUR, Jean-Yves ¿ Sound and the visual arts. Paris: Dis Voir, 1993.
BROUGHER, Kerry [et.al] ¿ Visual Music: Synaesthesia in Art and Music Since 1900. London: Thames & Hudson, 2005.
CHAPMAN, Nigel; CHAPMAN, Jenny Digital Multimedia. England: Ed. John Wiley & Sons, Ltd, 2004.
COLLINS, Karen Game Sound: An Introduction to the History, Theory, and Practice of Video Game Music and Sound Design. Cambridge, Massachusetts: The MIT Press, 2008.
COOK, Perry R.Music, Cognition and Computerized Sound. Cambridge, London: The MIT Press, 1999.
DIXON, Steve Digital Performance: A history of New Media in Theater, Dance