Contacto WhatsApp 961135355

Universidade Lusófona do Porto

Design de Interação

Apresentação

Esta unidade curricular tem como objetivo dotar os estudantes de conhecimentos na área do design de interação através da introdução das metodologias, princípios, diretrizes e padrões aplicados nesta área. Seguindo uma metodologia de desenho-centrado no utilizador que inclui pesquisa, definição de conceito, prototipagem e avaliação os estudante irão projetar sistemas interativos em equipa ou individualmente.  

Curso

Videojogos e Aplicações Multimédia (ULP)

Grau|Semestres|ECTS

| Semestral | 4

Ano | Tipo de unidade curricular | Lingua

2 |Obrigatório |Português

Código

ULP2533-11133

Disciplinas complementares recomendadas

Atelier de Realização de Videojogos e Aplicações Multimédia;

Atelier de Produção Multimédia e Web 

Design de Comunicação 

Estágio profissional

Não

Conteúdos Programáticos

Descrição dos conteúdos

1.  O que é o Design de Interação 

2. Metodologias no design de interação

2.1 Introdução ao processo de desenho centrado no humano com aplicação prática em projetos;

2.2 Testes de usabilidade

3. Princípios e Padrões de interação;

3.1 Os diferentes de elementos de interação, comunicação e comportamento dos mesmos.

3.3 A importância dos padrões e príncipios de interação para o design de artefactos interativos.

5.  Dimensão da Arquitetura de Informação

5.1 A importância da arquitectura da informação para a comunicação da informação e da funcionalidade de um produto

6.  Dimensão Visual

6.1 A importância da camada visual para a comunicação da informação e a criação de uma experiência com o produto. 

Objetivos

Use a hierarquia visual para realçar as informações e otimizar as interações;

Tome decisões com base diretrizes e padrões de design existentes;

Selecione metodologias apropriadas do processo de design centrado no ser humano;

Compreenda a história do design de interação e explore as tendências atuais.

Metodologias de ensino e avaliação

As aulas têm carácter teórico-prático, sendo a exposição dos conteúdos programáticos feita oralmente pelo docente com recurso ocasional à projeção de elementos audiovisuais complementares e debate com os estudantes. São realizados exercícios práticos para consolidação dos conhecimentos. 

Avaliação desta unidade curricular é do tipo contínua e será composta pelos seguintes elementos:

45% - Trabalho de grupo que consistirá no desenho, prototipagem e avaliação de uma APP. 

55% - Trabalho individual que consistirá no desenho e prototipagem de uma narrativa interativa para dispositivos móveis ¿ Peso na avaliação 

A presença nas aulas é de caráter obrigatório.

 

A avaliação por exame (recurso ou época especial) terá em conta os seguintes parâmetros:

            60% - Trabalho prático a ser comunicado através do Moodle;

            40% -  Teste teórico a ser desenvolvido na data agendada.  

Devido à sua natureza prática esta UC não prevê a realização de prova Oral. 

Bibliografia principal

Cooper, A., Reimann, R., Cronnin, D., Noessel, C., Csizmadi, J., & LeMoine, D. (2014). About Face (4th Editio). John Wiley & Sons. Inc.

Krug, S. (2014). Don¿t Make Me Think, Revisited A Common Sense Approach to Web Usability (Third Edit). New Riders.

Moggridge, B., & Atkinson, B. (2007). Designing interactions. Cambridge, Massachusetts: MIT Press. 

Preece, J., Rogers, Y., & Sharp, H. (2015). Interaction Design: Beyond Human-Computer Interaction (Fourth). John Wiley & Sons, Ltd.Rosenfeld, L., & Morville, P. (2007). Information Architecture for the World Wide Web. (S. St. Laurent, Ed.) (Third Edit). Sebastopol, CA: O¿Reilly Media, Inc.

Shaffer, D. (2011). Designing for interaction (Second). Berkley, California: New Riders.

Soegaard, M., & Dam, R. F. (2015). Interaction Design Foundation Encyclopedia of Human-Computer Interaction. (M. Soegaard & R. F. Dam, Eds.) (2nd ed.). The Interaction Design Foundation.

Horário de Atendimento

.