Contacto WhatsApp 961135355

Universidade Lusófona do Porto

Design de Interação

Apresentação

Esta unidade curricular tem como objetivo dotar os estudantes de conhecimentos na área do design de interação através da introdução das metodologias, princípios, diretrizes e padrões aplicados nesta área. Seguindo uma metodologia de desenho-centrado no utilizador que inclui pesquisa, definição de conceito, prototipagem e avaliação os estudantes irão projetar sistemas interativos.  

Curso

Videojogos e Aplicações Multimédia (ULP)

Grau|Semestres|ECTS

| Semestral | 4

Ano | Tipo de unidade curricular | Lingua

2 |Obrigatório |Português

Código

ULP2533-11133

Disciplinas complementares recomendadas

Atelier de Realização de Videojogos e Aplicações Multimédia;

Atelier de Produção Multimédia e Web 

Design de Comunicação 

Desenvolvimento de Aplicações Móveis 

 

Estágio profissional

Não

Conteúdos Programáticos

Descrição dos conteúdos

1.  O que é o Design de Interação 

2. Metodologias no design de interação

2.1 Introdução ao processo de desenho centrado no humano com aplicação prática em projetos;

2.2 Testes de usabilidade

3. Princípios e Padrões de interação;

3.1 Os diferentes de elementos de interação, comunicação e comportamento dos mesmos.

3.3 A importância dos padrões e príncipios de interação para o design de artefactos interativos.

5.  Dimensão da Arquitetura de Informação

5.1 A importância da arquitectura da informação para a comunicação da informação e da funcionalidade de um produto

6.  Dimensão Visual

6.1 A importância da camada visual para a comunicação da informação e a criação de uma experiência com o produto. 

Objetivos

Selecione metodologias apropriadas do processo de design centrado no utilizador adequadas no desenvolvimento de aplicações multimédia e de videojogos;

Desenvolva e aplique metodologias de avaliação adequadas a aplicações multimédia e videojogos. 

Tome decisões com base diretrizes e padrões de design existentes;

Use a hierarquia visual para realc¿ar as informações e otimizar as interações. 

Metodologias de ensino e avaliação

As aulas têm carácter teórico-prático, sendo a exposição dos conteúdos programáticos feita oralmente pelo docente com recurso ocasional à projeção de elementos audiovisuais complementares e debate com os estudantes. São realizados trabalhos práticos para consolidação dos conhecimentos. 

Avaliação desta unidade curricular é do tipo contínua e será composta pelos seguintes elementos:

35% - Avaliação  aplicação ou videojogo; 

65% - Desenho e avaliação da interação de um jogo 3D [ Projeto transversal]. 

 

Devido à natureza interdisciplinar da UC e à sua forte componente de trabalho de grupo apenas será possível avaliação segundo o método de avaliação continua não havendo por isso a possibilidade de serem realizados. 

Bibliografia principal

Cooper, A., Reimann, R., Cronnin, D., Noessel, C., Csizmadi, J., & LeMoine, D. (2014). About Face (4th Editio). John Wiley & Sons. Inc.

Rubin, J., Chisnell, D., & Rubin, Jeff, Dana, C. (2008). Handbook of Usability Testing (Second edi). Wiley Publishing, Inc.

Macklin, C., & Sharp, J. (2016). Games, Design and Play: A Detailed Approach to Iterative Game Design. In Evaluation(Vol. 17, Issue 2). Addison-Wesley. https://doi.org/10.1177/1356389011400889

Preece, J., Rogers, Y., & Sharp, H. (2015). Interaction Design: Beyond Human-Computer Interaction (Fourth). John Wiley & Sons, Ltd.Rosenfeld, L., & Morville, P. (2007). Information Architecture for the World Wide Web. (S. St. Laurent, Ed.) (Third Edit). Sebastopol, CA: O¿Reilly Media, Inc.

Soegaard, M., & Dam, R. F. (2015). Interaction Design Foundation Encyclopedia of Human-Computer Interaction. (M. Soegaard & R. F. Dam, Eds.) (2nd ed.). The Interaction Design Foundation.

Zubek, R. (2020). Elements of Game Design. The MIT Press.

Horário de Atendimento

Segunda das 14h às 15h com marcação prévia.