Contacto WhatsApp 961135355

Universidade Lusófona do Porto

Seminário e Estágio I - Inserção Institucional e Supervisão

Apresentação

A Unidade Curricular de Estágio I Supervisão Académica e Inserção Institucional assume uma particular relevância, pois representa uma forte componente prática do curso já que proporciona aos alunos a primeira experiência com o campo profissional de atuação do Assistente Social.

Nesta UC os alunos têm contacto com instituições sociais públicas e/ou privadas de diferentes áreas do Serviço Social.

Curso

Serviço Social (ULP)

Grau|Semestres|ECTS

| Anual | 12

Ano | Tipo de unidade curricular | Lingua

2 |Obrigatório |Português

Código

ULP733-22048

Disciplinas complementares recomendadas

Ética e Deontologia do Serviço Social
Nucleo de Estudos e Práticas em Serviço Social 3 e 4 Política Social
Políticas Sociais e Serviço Social
Metodologia de Investigação Social
Teoria e Metodologia do Serviço Social II e III

Estágio profissional

Não

Conteúdos Programáticos

Descrição dos conteúdos

  1. O Estágio em SS: apresentação do programa, objetivos e competências. Inserção no campo de estágio.
  2. O sigilo profissional 
  3. Planificação de atividades.
  4. Diagnóstico Social 
  5. Definição dos objetivos gerais e específicos
  6. Elaboração do projeto de estágio.
  7. Fases da intervenção em Serviço Social.
  8. Principais técnicas e instrumentos de trabalho do Assistente Social. Serviço Social: algumas abordagens da prática.
  9. Aprofundamento da problemática e das Políticas Sociais de acordo com os contextos de estágio. Apresentação dos objetos: rigor das técnicas de comunicação oral.
  10. Relatório final de estágio: organização da informação recolhida: critérios da escita científica; estrutura do relatório.
  11. Análise das relações profissionais com a equipa, com os utentes e com as hierarquias; avaliação: análise dos resultados e análise crítica/reflexiva sobre práticas de estágio;
  12. Articulação da prática do Assistente Social nas diferentes àreas de Estágio e as Políticas Sociais

 

 

Objetivos

Inserir o aluno no contexto organizacional onde se desenvolve o Serviço Social e possibilitar uma visão analítica da organizaçpão social enquanto medida de política e resposta a um problema social específico;

Apoiar o aluno na articulação entre os conhecimentos teórico-práticos, a realidade do local de estágio e o trabalho profissional com vista ao desenvolvimento de habilidades necessárias ao exercício profissional;

Conhecer o contexto institucional de estágio: instituição, área de intervenção, problemáticas e respostas sociais;

Problematizar a intervenção do Serviço Social e identificar as atribuições e competências do/a Assistente Social;

Articular os conhecimentos teórico-prática, a realidade do local de estágio com vista ao desenvolvimento de habilidades para o exercício profissional;

Experienciar métodos e técnicas relativas à problemática e população alvo; Dinamizar as atividades propostas.

Metodologias de ensino e avaliação

As metodologias de ensino são interativas e integradoras das diferentes dimensões do programa com a prática. Pretende-se adotar uma metodologia dinâmica baseada nas relações interpessoais integrando as dimensões teóricas do programa, recorrendo a diferentes técnicas e instrumentos. A orientação teórica em regime online constitui-se como um espaço de estudo, onde se procura refletir sobre os conhecimentos, competências e atitudes profissionais do Serviço Social.

 

Metodologia de Inovação Pedagógica:

Ligação da UC ao Núcleo Lusófono de Estudos e Investigação em SS da ULP (NEISS/ULP).

 

Avaliação contínua em momentos formais de acordo com o Regulamento de Estágios do SS/ULP.

Qualitativa no final do 1º semestre, centrada nas informações do supervisor institucional, no projeto de estágio elaborado e na participação nas sessões de supervisão.

Quantitativa no final do 2º semestre, com a análise do relatório e da experiência global de estágio, com contributos das duas instâncias de supervisão.

Bibliografia principal

Ávila, C. (2001). Gestão de Projetos Sociais. São Paulo: AAPCS

Baptista, V. (1979). Planejamento-introdução à Metodologia do Planejamento Social, S. Paulo: Cortez. 

Benjamim, A. (1993). A Entrevista de Ajuda, (5ª. Ed.). São Paulo: Martins Fontes. 

Foddy, W. (1996). Como Perguntar. Teoria e Prática da Construção de Perguntas em Entrevistas e Questionários. Oeiras: Celta

Guerra, I. (2000). Fundamentos e Processos de uma Sociologia de Acção. S. João do Estoril: Principia. 

Ildañez, M., & Ander-Egg, E. (2008), Diagnóstico Social: conceitos e metodologias, (3ª ed.). Porto: Rede Europeia Anti-Pobreza 

Robertis, C. et all (2019). A intervenção social de interesse coletivo. Porto: Porto Editora.

Santos, C. M. et all (Org.) (2013). A dimensão técnico-operativa no Serviço Social: desafios contemporâneos. Conexões Geres, 2, (3), 25-30.

Serrano, G. P. (2008). Elaboração de Projetos Sociais: casos práticos. Porto: Porto Editora

Horário de Atendimento

Nome do docente  

Horário de atendimento

Sala

Eva Chaves

terça-feira 11h30/12h30

verificar com o docente