Contacto WhatsApp 961135355

Universidade Lusófona do Porto

História e Fundamentos do Serviço Social

Apresentação

A UC pretende situar o Serviço Social nos seus fundamentos teóricos, históricos e sociais, da sua génese e emergência ao momento atual com incidência particular em Portugal. De uma breve história da proteção social no marco da Idade Média, situamos a mudança de paradigma com a industrialização e "questão social". É esse contexto, e as condições de vida e de trabalho, que dá origem a uma profissão na área social no mundo ocidental. A UC centra-se, seguidamente, na emergência e afirmação da profissão em Portugal e a sua evolução histórica.

Curso

Serviço Social (ULP)

Grau|Semestres|ECTS

| Semestral | 5

Ano | Tipo de unidade curricular | Lingua

1 |Obrigatório |Português

Código

ULP733-14058

Disciplinas complementares recomendadas

Esta UC é estruturante do pensamento sobre a área científica em que se situa o Serviço Social. Os fundamentos e a trajectória da formação e da profissão no mundo em geral e na profissão são o seu objeto. Como UC complementares ao longo do curso: Economia Social, Teorias Sociológicas; Teoria e Metodologia do Serviço Social (I,II,III); Politicas Sociais; Politicas Sociais e Serviço Social; Estágios (I, II) Núcleos de Estudos e Práticas de Serviço Social (1, 2, 3, 4) e Seminários de Investigação.

Estágio profissional

Não

Conteúdos Programáticos

I - Serviço Social: profissão e área científca das ciências sociais

1 Contexto e fundamentos sócio-históricos

Da protecção social na Idade Média à industrialização

A "Questão Social": condições de trabalho e de vida. Estratégias e formas de enfrentamento

2 A emergência de uma nova profissão de carater social no mundo

II - Serviço Social em Portugal

1 Génese, Emergência e institucionalização

- Etapas, fundadores e pioneiros

2 Anos 60: transformações e continuidades

- As ciências sociais

- Influências do movimento de reconceptualização.

3 A ruptura: pós 1974   

Lutas e conquistas por uma formação laica e científica

Parcerias internacionais

III - Serviço Social hoje: Consolidação e marco da formação

Formação graduada e pos-graduada

Mercado de trabalho

A organização da categoria profissional

Aprovação da ordem dos assistentes sociais.

 

Objetivos

Entender os fundamentos e o processo de afirmação da profissão e os momentos de construção e afirmação de identidade.

Apreender o Serviço Social na sua construção histórica como resultante da relação entre dinâmicas conjunturais e movimentos internos.

Situar a emergência do Serviço Social no contexto mundial da Questão Social e das formas de enfrentamento, em função de diferentes de perspectivas teóricas de análise.

Conhecer, a trajectória do Serviço Social em Portugal da fase da emergência e institucionalização com forte ligação à Igreja Católica, ao tempo de ruptura no pos 25 de Abril.

Abordar os movimentos e lutas pela afirmação de uma formação laica e científica.

Situar os momento de organização da categoria profissional até à atualidade com o reconhecimento da ordem. 

Metodologias de ensino e avaliação

Exposição dos conceitos fundamentais da inerentes à temática da UC.

Metodologias ativas de participação, com os estudantes a acompanhar com trabalho individual de leitura análise e síntese de textos bibliográficos do programa e outros indicados pontualmente.

Participação de convidados em sub unidades do programa.

Inovação pedagógica

Busca de fontes históricas pelos estudantes com pesquisa documental orientada. Entrevistas a personalidades com relevo na trajetória do SS.

Articulação com o Núcleo Lusófono de Estudos e Investigação em Serviço Social (NLEISS/ULP)

AC:

Participação nas atividades propostas - 10%

2 Teste presencial - 60% (30% cada) - exigência de nota 8.

Trabalho de Grupo c/Apresentação - 30%

 

 

Bibliografia principal

  • BRANCO, F.; FERNANDES, E. História do SS. em Portugal: Trajectória e Encruzilhada, http://www.cphits.com
  • FERREIRA, M. E. (2008) S.S. e Sociedade, Cumplicidades e Interacções, contributos para análise da produção académica no período de 1936 a 1972,  Intervenção Social nº 32-34, Lisboa, UL. 

  • MARTINS, A. (2010) Génese, Emergência e Institucionalização do S.S. Português, Progress.

  • NEGREIROS, M. A. (1999) Qualificação Académica e Profissionalização do S.S.,o caso português, S.S., Profissão e Identidade Que trajectória ? Lisboa CPIHTS.

 

Horário de Atendimento

 

Maria Emília Ferreira   

 

3ª feira

Nome do docente  

Horário de atendimento17h30-18h30 (com marcação)

Sala

ULP