Contacto WhatsApp 961135355

Universidade Lusófona do Porto

Teorias e Práticas Diplomáticas

Apresentação

A UC apresenta-se para os alunos desta licenciatura como fundamental para a compreensão do fenomeno da atividade diplomatica e da sua importância no mundo contemporâneo.

Curso

Estudos Europeus, Estudos Lusófonos e Relações Internacionais (ULP)

Grau|Semestres|ECTS

| Semestral | 5

Ano | Tipo de unidade curricular | Lingua

3 |Obrigatório |Português

Código

ULP290-14762

Disciplinas complementares recomendadas

Politicas da União Europeia

Politica internacional

Estágio profissional

Não

Conteúdos Programáticos

1. Evolução histórica da politica diplomática: da fundação da nacionalidade até ao antigo regime.

2. A diplomacia no periodo liberal:

2.1. Alguns diplomatas do século XIX.

2.2. Estratégias de atuação e obras

3. Práticas diplomáticas durante a Primeira República

3.1. O papel da diplomacia portuguesa no reconhecimento europeu da nossa Republica.

3.2. Representação diplomática portuguesa em acontecimentos históricos mundiais.

4. O Estado Novo.

4.1. Orientações diplomáticas de Oliveira salazar.

4.2 A atuação dos diplomatas portugueses durante a II Guerra Mundial.

4.3. Diplomatas marcantes neste periodo.

4.4. A diplomacia portuguesa durante a guerra colonial.

5. A diplomacia despois de 1974

6. os desafios da diplomacia na atualidade : a diplomacia económica e a cyber-diplomacia.

Objetivos

 

Conhecer os acontecimentos relevantes da história politica e diplomática contemporânea nacional e internacional.

Analisar as estratégias e obras de alguns diplomatas que marcaram a contemporaneidade portuguesa . Fomentar um espirito analitico e critico face à atuação diplomática nos séculos XIX e XX.

Metodologias de ensino e avaliação

Práticas de inovação pedagógica : Aulas presenciais com exposição teórica e debate participado com os alunos sobre o conteúdo do programa e utilização de trabalho prático apoiado na bibliografia disponível.

Exposição teorica e debate participado com os alunos sobre o conteudo do programa e utilização de trabalho prático apoiado na bibliografia disponivel.

A avaliação será continua ou com exame de recurso de acordo com o Regulamento de Avaliação da ULP.

A avaliação continua prevê dois testes e um trabalho individual que tera de ser defendido oralmente. A que se acresce a participação em aula ao longo do semestre.

Cada momento da avaliação recebe a classificação de 0 a 20 valores.

O peso de cada momento da avaliação será o seguinte :
 Testes 25% x 2

Trabalho 40%

Participação em aula 10%

Da media obtida resulta a classificação final.

Bibliografia principal

 

Martinez, Pedro Soares (1985) História Diplomática Portuguesa. Lisboa, Verbo.

Macedo,Jorges Borges (1987) História Diplomática Portuguesa - Constantes e linhas força. Lisboa, Instituto de Defesa Nacional

Magalhães, J.C. (1980) Breve História Diplomática de Portugal. Sintra, Europa- América.

Magalhaes, José Calvet (1997) Relance Histórico das Relações Diplomáticas Luso-Brasileiras. Lisboa, Quetzal Editores

Magalhaes, José Calvet (2006) A Diplomacia Pura. Lisboa,Bizâncio.

Nye Jr, Joseph S. (2012) O Futuro do Poder. Lisboa, Temas & Debates.

Horário de Atendimento

Nome do docente  

Horário de atendimento

Sala

Antonio Manuel Lopes Tavares

9.30 às Sextas-Feiras

Gabinete da FDCP