Contacto WhatsApp 961135355

Universidade Lusófona do Porto

Técnicas de Tratamento e Gestão de Resíduos

Apresentação

Esta unidade curricular dotará os(as) estudantes de conhecimentos e ferramentas para participarem em processos de planeamento, valorização, tratamento, e gestão de resíduos, enquanto área de trabalho enquadrada nos atos da prática profissional de um(a) Engenheiro(a) do Ambiente, permitindo adquirir as seguintes competências:

 

>> Compreender os conceitos de hierarquia de gestão de resíduos e de gestão integrada de resíduos.

>> Comparar a realidade legislativa de distintos contextos geográficos.

>> Compreender os modelos institucionais de gestão de resíduos.

>> Apreender e testar metodologias e referenciais de classificação de resíduos.

>> Compreender os mecanismos de desclassificação de resíduos.

>> Analisar as diferentes soluções tecnológicas disponíveis para o tratamento e destino final de resíduos.

>> Compreender as vantagens e as desvantagens das diferentes alternativas tecnológicas.

>> Testar a integração em contexto real de conhecimentos adquiridos noutras unidades curriculares.

 

Curso

Engenharia do Ambiente [ULP]

Grau|Semestres|ECTS

| Semestral | 5

Ano | Tipo de unidade curricular | Lingua

3 |Obrigatório |Português

Código

ULP287-13844

Disciplinas complementares recomendadas

>> Introdução à Engenharia do Ambiente

>> Direito do Ambiente

>> Fundamentos de Economia e Gestão

>> Microbiologia

>> Poluição do Ar

>> Sistemas de Informação Geográfica e Deteção Remota

Estágio profissional

Não

Conteúdos Programáticos

1. Apresentação, Método de Avaliação e Introdução à Unidade Curricular

 

2. Introdução ao Tratamento e Gestão de Resíduos

  1. O que são e porque se geram resíduos
  2. Perspetiva histórica
  3. Situação atual e perspetivas de evolução
  4. Conceito de gestão integrada de resíduos
  5. Hierarquia da gestão de resíduos

3. Quadro Legal, Institucional e Instrumental

  1. Princípios legislativos e regulamentares
  2. Diplomas e diretivas
  3. Classificação de resíduos
  4. Planeamento em resíduos
  5. Prevenção de resíduos
  6. Gestão de resíduos
  7. Licenciamento de atividades de tratamento de resíduos
  8. Transporte de resíduos
  9. Sistemas de registo de resíduos
  10. Desclassificação de resíduos
  11. Entidades gestoras

4. Sistemas e Rotas Tecnológicas para a Gestão de Resíduos

  1. Necessidade de uma perspetiva sistémica e de ciclo de vida na gestão de resíduos
  2. Ferramentas de análise de sistemas
  3. Componentes principais de um sistema de gestão de resíduos
  4. Desafios da gestão de biorresíduos
  5. Questões operacionais

5. Gestão de Resíduos e Economia Circular 

Objetivos

>> Compreender a relevância e a necessidade de reduzir e tratar os resíduos.

>> Entender a hierarquia de gestão de resíduos, e em particular as estratégias de prevenção e de minimização, em contraste com o tratamento de final de linha, bem a necessidade de uma perspetiva global de ciclo de vida.

>> Conhecer o enquadramento legislativo e regulamentar para as várias tipologias e fluxos de resíduos.

>> Enquadrar o papel da gestão de resíduos na transição para um modelo de Economia Circular.

>> Dominar instrumentos e ferramentas que permitam definir estratégias e tomar decisões em relação à gestão de resíduos em vários níveis institucionais.

>> Obter uma visão abrangente sobre as várias tecnologias de gestão e tratamento de resíduos.

Metodologias de ensino e avaliação

Método de Ensino:

Visando estimular a participação e a iniciativa dos(as) estudantes no processo de aprendizagem, serão considerados dois tipos de sessões:

>> Sessões de exposição de temas, vídeos e outros conteúdos multimédia.

>> Sessões de análise de casos, exercícios práticos, discussões e reflexões em grupo e visitas de estudo.

O impacte cumulativo destes dois tipos de sessões proporciona uma relação iterativa entre estudantes e docente, promovendo uma efetiva participação em aula e uma maior aproximação entre o conhecimento e a prática profissional.

 

Método de Avaliação: 

Utilizar-se-á o método de Avaliação Contínua (de acordo com o Regulamento Geral de Avaliação da ULP), considerando três instrumentos de avaliação (ver ponto 26).

 

Práticas de Inovação Pedagógica:

Será estimulada a criatividade e o pensamento crítico dos estudantes através de metodologias de fórum de discussão e de princípios de aula invertida, de Aprendizagem Baseada em Projetos (PBL) e de avaliação entre pares.

Bibliografia principal

>> Secretaria de Estado do Ambiente / Ministério do Ambiente e da Ação Climática (2020). Biorresíduos - Contas Certas nos Resíduos, julho de 2020.

>> Agência Portuguesa do Ambiente (2019). Estudo Prévio sobre a Implementação da Recolha Seletiva em Portugal Continental Incindindo em Especial sobre o Fluxo dos Biorresíduos, Relatório Final, EY, julho de 2019.

>> Jucá, J., Mariano, M., Lima, J., Firmo, A. (2014). Análise das Diversas Tecnologias de Tratamento e Disposição Final de Resíduos Sólidos Urbanos no Brasil, Europa, Estados Unidos e Japão, Grupo de Resíduos Sólidos - Universidade Federal de Pernambuco (2014), 187 pp., ISBN 978-85-60917-36-5.

>> ABRELPE, SMA (2013). Resíduos Sólidos: Manual de Boas Práticas no Planejamento, ABRELPE - Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais / Secretaria do Meio Ambiente do Estado de São Paulo (SMA).

>> Mendes, B., Lapa, N., Oliveira, J.F. (2009). Resíduos: Gestão, Tratamento e sua Problemática em Portugal, Lidel.

Horário de Atendimento

Nome do docente  

Horário de atendimento

Sala

Sérgio Bruno Costa

11h00-12h00

3.2