Contacto WhatsApp 961135355

Universidade Lusófona do Porto

Química

Apresentação

A disciplina pretende dotar o Estudante de uma visão global sobre a constituição e organização da matéria, bem como das suas transformações, compreendo a estabilidade e a reatividade químicas. Pretende-se assim que o Estudante compreenda a importância da Química na evolução dos fenómenos nas várias áreas científicas e tecnológicas e ainda promover o aprofundamento de uma cultura científica e técnica que constituam suporte cognitivo e metodológico tanto para o prosseguimento de estudos como para a inserção na vida ativa.

Curso

Engenharia do Ambiente [ULP]

Grau|Semestres|ECTS

| Semestral | 5

Ano | Tipo de unidade curricular | Lingua

1 |Obrigatório |Português

Código

ULP287-2098

Disciplinas complementares recomendadas

n. a. 

Estágio profissional

Não

Conteúdos Programáticos

  • Estrutura atómica, tabela periódica, estabilidade e reatividade atómicas.
  • Ligações químicas, iónicas, covalentes e metálicas.
  • Nomenclatura das principais classes de substâncias inorgânicas.
  • Nomenclatura de compostos orgânicos (noções breves).
  • Quantificação da composição de soluções.
  • Gases. Pressões total e parciais. A equação dos gases perfeitos. Gases reais.
  • Estequiometria de reações químicas. Leis relacionadas.
  • Termodinâmica Química. Aquecimento / arrefecimento de corpos. Noções de entalpia e entropia. Entalpia de uma reação.
  • Cinética química. Lei das velocidades.
  • Equilíbrio químico. Constante de equilíbrio.
  • Ácidos e bases. Noções de pH, pOH e Kw. Breves noções sobre sólidos pouco solúveis.
  • Breves noções sobre equações redox, potencial eletroquímico e corrosão.
  • Química Nuclear. Radioatividade. Fissão e fusão nucleares.

Objetivos

No final da unidade curricular o aluno deve saber: 

  • Compreender a estrutura da matéria, as propriedades periódicas dos elementos e as ligações químicas.
  • Dominar a nomenclatura básica de compostos orgânicos e inorgânicos.
  • Conhecer a realizar cálculos relacionados com concentrações de soluções e estado gasoso.
  • Realizar cálculos estequiométricos.
  • Prever e compreender a energia envolvida num processo.
  • Trabalhar com a lei cinética correspondente a uma dada reação química.
  • Caracterizar equilíbrios químicos, nomeadamente o equilíbrio ácido-base, o equilíbrio de solubilidade e o equilíbrio em processos de oxidação-redução e eletroquímicos.
  • Compreender a radioatividade, a fissão e a fusão nucleares.

Metodologias de ensino e avaliação

Ambas os tipos de sessões, teóricas e práticas, têm duplo caracter: expositivo e de aplicação. As sessões teóricas consistem na exposição de conhecimentos, sempre com recurso a apresentação de casos reais, discussões em grupo global e exemplos de resolução de problemas relacionados com as práticas da profissão. As sessões práticas consistem, tanto no ensino e na prática da resolução de problemas, como na proposta de desafios, concentrados na área de ação da Licenciatura.

A avaliação (contínua) é composta por três provas, escritas e/ou com utilização de meios informáticos, igualmente cotadas. Estas provas terão como objetivo avaliar, quer a capacidade de aquisição de conceitos teóricos, quer as capacidades adquiridas de resolução de exercícios e de problemas particulares da área profissional.

Bibliografia principal

Chang, R. e Goldsby (2013). Química (11.ª Edição). McGraw-Hill, Lisboa, Portugal.

Horário de Atendimento

Nome do docente  

Horário de atendimento

Sala

Kalina Samardjieva

A definir

A definir