Contacto WhatsApp 961135355

Universidade Lusófona do Porto

Sistemas de Proteção Civil

Apresentação

Proporcionar aos estudantes conhecimentos profundos sobre o Sistema Nacional de Proteção Civil, nomeadamente os seus princípios fundamentais, as suas estruturas, agentes e respetivas competências e atribuições, bem como a sua interação com os demais sistemas específicos de proteção civil e o de planeamento civil de emergência. Dotar os estudantes de conhecimentos sobre a integração do Sistema Nacional de Proteção Civil no Sistema Nacional de Segurança Interna, no quadro da Segurança Nacional e da sociedade de risco.

Curso

Engenharia de Proteção Civil (ULP)

Grau|Semestres|ECTS

| Semestral | 4

Ano | Tipo de unidade curricular | Lingua

1 |Obrigatório |Português

Código

ULP928-11803

Disciplinas complementares recomendadas

Direito da Proteção Civil

Estágio profissional

Não

Conteúdos Programáticos

  1. Conceito de Proteção Civil. Sua origem e evolução: da prevenção dos incêndios no séc. XIV à sociedade de risco do séc. XXI.
  2. A Proteção Civil no quadro da Segurança Humana.
  3. O Sistema Nacional de Proteção Civil. A Lei de Bases: estrutura política, de coordenação e comando nos níveis nacional, regional, distrital, intermunicipal e municipal.
  4. A missão e estrutura da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil.
  5. Os agentes de Proteção Civil.
  6. O Sistema Integrado de Operações de Proteção e Socorro.
  7. O Sistema Nacional de Planeamento Civil de Emergência. As infraestruturas críticas nacionais e europeias.
  8. Os sistemas nacionais de busca e salvamento aéreo e marítimo.
  9. A Proteção Civil no quadro da Segurança Nacional.
  10. A Proteção Civil no quadro da União Europeia e da ONU.

Objetivos

Os estudantes ficam habilitados a exercer funções que exijam o domínio e compreensão do Sistema Nacional de Proteção Civil e sua articulação com os demais sistemas específicos de proteção civil, bem como o seu enquadramento no sistema de segurança nacional.

Metodologias de ensino e avaliação

METODOLOGIA: O método de ensino é baseado na apresentação e discussão dos conteúdos programáticos da UC, privilegiando-se a vertente prática através da análise de situações concretas. Exige-se aos estudantes a pesquisa, análise crítica e estudo de casos práticos, que serão apresentados individualmente, bem como a resolução de problemas propostos.

AVALIAÇÃO: Segue o modelo de avaliação contínua. As competências dos estudantes serão avaliadas em dois momentos, consistindo em dois testes escritos sobre os conhecimentos adquiridos (90%) e a ponderação da participação em contexto de aula (10%). No caso de não aprovação, o estudante fica admitido a exame final (100 %).

Bibliografia principal

AMARO, António Duarte. O Socorro em Portugal - Organização, Formação e Cultura de segurança nos Corpos de Bombeiros, no quadro da Proteção Civil - tese de doutoramento - disponível em: https://repositorio-aberto.up.pt/handle/10216/23116

AMARO, António. Segurança Humana e Proteção Civil na Sociedade de Risco: A crise do modelo estatocêntrico na(s) segurança(s). Revista Territorium 15 - disponível em  https://pt.scribd.com/document/436665505/AMARO-Antonio-Seguranca-Humana-e-Protecao-Civil-Na-Sociedade-Do-Risco-A-Crise-Do-Modelo-Estatocentrico-Na-Seguranca

AMARO, António Duarte. Segurança e Socorro: novo paradigma. Revista Territorium 19 - disponível em https://digitalis.uc.pt/pt-pt/node/106201?hdl=35855

FONSECA, João Duarte.1755 - O Terramoto de Lisboa, 2005, 2.ª ed., Lisboa: Argumentum

LARANJEIRA, José António da Piedade. A Protecção Civil e a Defesa Nacional - disponível em : https://comum.rcaap.pt/bitstream/10400.26/3016/1/NeD44_JoseAntonioPiedadeLaranjeira.pdf

 

Horário de Atendimento

Nome do docente  

Horário de atendimento

Sala

Maria Isabel Oneto                                                 

18h00 - segundas-feiras