Contacto WhatsApp 961135355

Universidade Lusófona do Porto

Métodos de Pesquisa e Investigação

Apresentação

A unidade curricular visa dar aos estudantes contexto sobre o conhecimento científico: a sua história e evolução, questões éticas e desafios de execução.

No final do semestre, os estudantes dominarão um conjunto de ferramentas de investigação científica fundamentais para o percurso académico e, mais tarde, para o desempenho de uma profissão ligada à comunicação estratégica ou ao jornalismo.

Serão também capazes de realizar todo o percurso de uma investigação e traduzi-lo sob a forma de um artigo científico.

Curso

Ciências da Comunicação (ULP)

Grau|Semestres|ECTS

| Semestral | 6

Ano | Tipo de unidade curricular | Lingua

1 |Obrigatório |Português

Código

ULP451-7533

Disciplinas complementares recomendadas

Técnicas de Expressão Escrita

Metodologias de Análise do Texto e do Discurso

Estágio profissional

Não

Conteúdos Programáticos

1 Conhecimento científico nas ciências sociais: método, solidez teórica, rigor e ética

1.1 Fundamentos enquadradores: revisão da literatura, regras de citação e gestão de referências bibliográficas

1.2 Projetos de investigação: temas, questões de pesquisa, hipóteses, metodologias

1.3 Operacionalização: fontes de informação, cronograma, recursos, técnicas exploratórias, triangulação metodológica

2 Técnicas de investigação: observação, análise documental, entrevista; sondagens, inquéritos, bases de dados; estudos de caso

3 Metodologias de investigação: qualitativas, quantitativas e mistas

3.1 Características, potencialidades e limitações

3.2 Tratamento qualitativo de dados: análise de discurso e de conteúdo

3.3 Tratamento quantitativo de dados: noções de estatística descritiva

4 Produção do relatório de investigação

4.1 Objetivos e estrutura

Objetivos

Destrinçar conhecimento científico de conhecimento de juízo comum, demostrando um raciocínio reflexivo e crítico

Compreender que as metodologias de investigação são basilares para o avanço do conhecimento científico e para a prática profissional, nas Ciências da Comunicação

Analisar de forma crítica a multiplicidade de métodos de investigação utilizados nas Ciências da Comunicação

Dominar as fases do processo de investigação científica e as principais técnicas de pesquisa, recolha, tratamento e exposição de informação

Ser capaz de aplicar metodologias qualitativas e quantitativas e de articular as duas tipologias

Executar de forma rigorosa e ética processos de investigação científica

Extrair conclusões da investigação realizada e aplicá-las na atividade profissional

Metodologias de ensino e avaliação

Os conteúdos teóricos serão baseados em material apresentado em sala e disponibilizado no Moodle, acompanhados de exemplos ilustrativos, que os estudantes serão incentivados a discutir de forma crítica

Os estudantes irão aplicar os conteúdos teóricos em contexto simulado. Serão utilizadas ferramentas informáticas adequadas a projetos de investigação profissional ou académica

A avaliação, de carácter contínuo, será composta por:

- uma frequência individual, com um peso de 35% na classificação final, admitindo-se a possibilidade de, em momento posterior, aclarar dúvidas relativas a respostas à frequência, em contacto direto com o estudante;

- um trabalho teórico-prático de grupo, com um peso de 65%, assim subdividido: 10% para a qualidade do projeto de investigação, apresentado em aula; 30% mediante a demonstração de interesse nas aulas e de conhecimento em tutorias; 25% mediante a qualidade e o rigor do documento e da sua apresentação, bem como o cumprimento dos prazos intermédios.

Bibliografia principal

  • Freixo, M. J. V. (2012). Metodologia Científica - Fundamentos, Métodos e Técnicas (Vol. 263). Lisboa: Instituto Piaget.

  • Garcia, R., Rosa, M. J. V., & Barbosa, L. (2017). Que número é este? Um Guia sobre Estatísticas para Jornalistas. Lisboa: Fundação Francisco Manuel dos Santos.

  • Guerra, I. C. (2006). Pesquisa qualitativa e análise de conteúdo - sentido e formas de uso (1.ª ed.). Estoril: Principia.

  • Hill, M. M., & Hill, A. (2002). Investigação por questionário: Sílabo.

  • Nazareth, J. M. (1981). Introdução aos Métodos Quantitativos em Ciências Sociais. Lisboa: Universidade Nova de Lisboa.

  • Reid, S. (1991). Working with Statistics: An Introduction to Quantitative Methods for Social Scientists: Wiley.

  • Stake, R. E. (2016). A Arte da Investigação com Estudos de Caso (4.ª ed.). Lisboa: Fundação Calouste Gulbekian.

  • Van Campenhoudt, L., & Quivy, R. (2011). Manuel de recherche en sciences sociales (4.ª ed.). Paris: Dunod.

Horário de Atendimento

Nome do docente  

Horário de atendimento

Sala

Alexandra Figueira

14h30 às 16h30, mediante agendamento prévio