Contacto WhatsApp 961135355

Universidade Lusófona do Porto

Jornalismo Radiofónico

Apresentação

Colocada no ano final da licenciatura, a UC interatua com outras suas similares (nas áreas da televisão e do jornalismo digital e impresso), cada uma das quais sob a respetiva orientação específica. Os dois principais vetores da UC (a abordagem teórica e o trabalho prático) facultam aos estudantes uma compreensão qualificada acerca da rádio como meio específico (quer ao longo da sua história quer na presente sociedade da comunicação em massa) ao mesmo tempo que podem adquirir as ferramentas e aprender os procedimentos do fazer rádio.

Curso

Ciências da Comunicação (ULP)

Grau|Semestres|ECTS

| Semestral | 6

Ano | Tipo de unidade curricular | Lingua

3 |Obrigatório |Português

Código

ULP451-2-2605

Disciplinas complementares recomendadas

História da Comunicação

Laboratório de Comunicação Digital.

Jornalismo Televisivo

Técnicas de Expressão Jornalística

Investigação Jornalística

Jornalismo Visual e de Dados

Estágio profissional

Não

Conteúdos Programáticos

  1. A rádio no contexto dos media
  2. Especificidades do meio radiofónico
  3. A linguagem da rádio
    1. A notícia e reportagem noticiosa
    2. A grande reportagem
    3. A entrevista
    4. A conferência de imprensa
    5. A edição e a apresentação
  4. Estética da linguagem radiofónica: a oralidade e a escrita
  5. Objetividade e criatividade
    1. O rigor do texto
    2. A enunciação do texto
    3. Técnicas de construção do texto jornalístico
  6. Recursos linguísticos e paralinguísticos
    1. O ruído
    2. O silêncio
  7. A rádio na internet: podcasts, novos desafios e o fim do efémero.

Objetivos

Conhecer a história da rádio e perceber as suas caraterísticas e especificidades.

Aprender a linguagem jornalística da rádio e a distingui-la da linguagem do entretenimento.

A unidade curricular pretende introduzir os alunos ao mundo da rádio fornecendo-lhes as ferramentas necessárias para poderem expressar-se num estilo jornalístico. Ganharão competências técnicas para editar noticiários, cumprir a função de pivot, cobrir conferências de imprensa, a fazer reportagens, entrevistas e notícias para a rádio utilizando a sua própria voz e registos sonoros.

Metodologias de ensino e avaliação

Esta é uma unidade essencialmente laboratorial pelo que o professor apresenta os tópicos da matéria em sessões teóricas seguidas de trabalhos práticos para aplicação da matéria lecionada.

Uma parte do trabalho é feita durante as aulas e outra fora do contexto da sala de aula.

Avaliação contínua distribuída da seguinte forma:

Participação em aulas, incluindo trabalhos realizados ao longo do ano letivo (50%)

Trabalho final de grande reportagem (50%)

Exames:

Os exames requerem a realização obrigatória de trabalho prático, em contexto de sala de aula

Bibliografia principal

  • Albert, P., Tudesq, A. J. (1981). História da Rádio e Televisão. Lisboa: Ed. Notícias

    Arnheim, Rudolph (1980). Estética Radiofónica. Barcelona: Gustavo Gili

    Ganz, Pierre (1995). A Reportagem em Rádio e Televisão. Mem Martins: Editorial Inquérito

    Herreros, Mariano Cebrián (1995). Información Radiofónica. Mediación Técnica, Tratamiento y Programación. Madrid: Editorial Sintesis

    Herreros, Mariano Cebrián (2001). La Radio en la Convergencia Multimedia. Barcelona: Ed. Gedisa

    Meditsch, Eduardo (1999). A Rádio na Era da Informação. Coimbra: Minerva.

    Meneses, João Paulo (2003). Tudo o que se passa na TSF. Porto: Jornal de Notícias

 

Horário de Atendimento

Nome do docente  

Horário de atendimento

Sala