Contacto WhatsApp 961135355

Universidade Lusófona do Porto

Sociologia Política

Apresentação

Introdução à Sociologia Política enquanto sub-disciplina cruzando a Sociologia e a Ciência Política, incluindo os temas e debates fundamentais sobre os quais a sub-disciplina se vem debruçando dos clássicos à actualidade.

Curso

Ciência Política e Estudos Eleitorais (ULP)

Grau|Semestres|ECTS

| Semestral | 5

Ano | Tipo de unidade curricular | Lingua

1 |Obrigatório |Português

Código

ULP618-6545

Disciplinas complementares recomendadas

Partidos Políticos e Sistemas Eleitorais I; Partidos Políticos e Sistemas Eleitorais II.

Estágio profissional

Não

Conteúdos Programáticos

1) Sociologia Política: fundamentos e horizontes

 

2) Poder, obediência, e organização e acção sociopolítica numa perspectiva universalizante

 

3) Poder, obediência, e organização e acção sociopolítica na era industrial

a) As macro-estruturas e macro-processos na origem do Estado Moderno

b) Obediência, e organização e acção sociopolítica na era industrial

b1) A sociedade de massas e a construção "pelo topo" de uma identidade colectiva homogeneizante

b2) As clivagens típicas da sociedade industrial e as elites políticas, os partidos políticos e as organizações de interesses correspondentes

 

4) Poder, obediência, e organização e acção sociopolítica na era da globalização

a) As macro-estruturas e macro-processos por trás da globalização

b) Obediência, e organização e acção sociopolítica na era da globalização

b1) A fragmentação da sociedade de massas e o desafio das políticas identitárias "por baixo"

b2) Os principais novos protagonistas na cena doméstica e internacional

Objetivos

Compreender a natureza, o objecto e sobretudo a agenda de investigação característica da Sociologia Política, incluindo os temas e debates fundamentais sobre os quais a sub-disciplina se tem debruçado. Ser capaz de fundamentar e defender uma posição num debate político-sociológico actual.

Metodologias de ensino e avaliação

Aulas de índole teórica, baseadas na exposição dos conteúdos programáticos, combinadas com aulas teórico-práticas implicando adicionalmente a leitura prévia ou presencial de certos textos, e um conjunto de aulas práticas dedicadas a encenar debates sobre os temas político-sociológicos mais prementes.

A avaliação contínua ponderará: a participação num debate prático (30%); uma frequência final em que os alunos só terão que responder a questões sobre dois (à escolha) dos três grandes blocos de conteúdos programáticos (60%); e a participação nas aulas (10%).

A avaliação não-contínua será feita através de um exame final abrangendo potencialmente todos os conteúdos programáticos (100%).

Bibliografia principal

BENEDICTO, J. & MORÁN, M. L. (2009). Sociedad y política: temas de sociologia política. 2ª Edição. Madrid: Alianza Editorial.

 

CLEMENS, E. S. (2016). What is political sociology?. Cambridge: Polity Press.

 

FERNANDES, A. T. (1997). A sociedade e o estado: sociologia das formações políticas. Santa Maria da Feira: Edições Afrontamento.

 

FERNANDES, A. T. (1998). Os fenómenos políticos: sociologia do poder. 2ª Edição. Santa Maria da Feira: Edições Afrontamento.

 

LECHNER, F. J. & BOLI, J. (Eds.) (2020). The globalization reader. 6ª Edição. Hoboken: Wiley-Blackwell.

 

JANOSKI, T., ALFORD, R. R., HICKS, A. M. & SCHWARTZ, M. (Eds.) (2005). The handbook of political sociology: states, civil societies, and globalization. Cambridge: Cambridge University Press.

 

MAIR, P. (Ed.) (1990). The west european party system. New York: Oxford University Press.

 

NASH, K. & SCOTT, A. (Eds.) (2004). The Blackwell companion to political sociology. Padstow: Blackwell Publishing.

 

Horário de Atendimento

Nome do docente  

Horário de atendimento

Sala