Contacto WhatsApp 961135355

Universidade Lusófona do Porto

Inquéritos, Estudos de Opinião e Sondagens

Apresentação

A disciplina visa consolidar e interligar os conhecimentos adquiridos nas disciplinas antecedentes da mesma subárea de estudos. Pretende-se assim que os discentes se tornem aptos a conceptualizar, implementar e concretizar um estudo realizado por recolha de informação por amostragem, aplicado à realidade da Ciência Política.

Concomitantemente é objetivo que os estudantes consigam interpretar detalhadamente os resultados de qualquer sondagem política ou estudos de opinião ou de mercado realizados por outrem e também que adquiram capacidade de diálogo com empresas da especialidade.

Curso

Ciência Política e Estudos Eleitorais (ULP)

Grau|Semestres|ECTS

| Semestral | 5

Ano | Tipo de unidade curricular | Lingua

2 |Obrigatório |Português

Código

ULP618-14176

Disciplinas complementares recomendadas

Métodos e Técnicas de Análise Política I

Métodos e Técnicas de Análise Política II

Métodos e Técnicas de Análise Política III

Estágio profissional

Não

Conteúdos Programáticos

1. Importância dos Inquéritos, Estudos de Opinião e Sondagens para a realidade da Ciência Política, em geral, e da acção política em particular.

2. Os Inquéritos, Estudos de Opinião e Sondagens como ferramentas aptas à tomada de decisão.

3. Elaboração de questionários. Estrutura. Questões de resposta fechada vs aberta. Erros mais comuns.

4. Sondagens e estudos de opinião. Objetivo. Universo e amostra. Metodologia.

5. Boca de Urna. Preparação. Seleção. Desvios mais comuns. Recolha dos votos.
6. Realização de um trabalho de campo
7. Definição do objetivo e da população alvo. Conceção de um método de amostragem adequado. Recolha e Análise Descritiva de dados. Inferência Estatística. Elaboração de um relatório.
 

Objetivos

No final da unidade curricular, o estudante deve ser capaz de:

- Planear um trabalho de campo de estudo de opinião / sondagem capaz de satisfazer um objetivo pré-definido

- Realizar esse trabalho, chefiando se necessário os meios necessários

- Tratar descritivamente e de forma inferencial os dados obtidos

- Interpretar com a significância adequada resultados de sondagens de outrem

- Dialogar com empresas da especialidade.

 

 

Metodologias de ensino e avaliação

Para além da discussão das particularidades das técnicas de recolha de dados em sondagens e estudos de opinião, a disciplina será essencialmente de aplicação prática e de interligação de procedimentos e metodologias em contexto de trabalho real.

A Avaliação compreende a aferição da capacidade de execução do trabalho de campo e de aplicação das técnicas Os Alunos deverão realizar, faseadamente em prazos estabelecidos, em contexto de aula, um trabalho de análise estatística real completo, incluindo a sua conceção, o seu desenvolvimento e conclusões e a elaboração de um relatório final.

Será incentivado o uso de software, designadamente Excel e SPSS.

Ponderações dos vários elementos:

Conceção do trabalho (definição de objetivo e populaçao alvo, fundamentação do seu interesse, seleção de um método de amostragem adequado)  e Recolha de dados e sua análise descritiva  50%

Interpretação dos resultados, estabelecimento de conclusões e elaboração do relatório final 50%

Bibliografia principal

 

Quintero, Alejandro Pizarroso ( 1990) História da propaganda, Lisboa, Planeta Editora

Sor, Bernardo e  Sergio Fausto ( 2016) Activismo político em tempos de internet, Fundação FHC, São Paulo

Comunicação & Cultura (2006), Lobbying e marketing político, nº2, Lisboa, Universidade Católica

 

Horário de Atendimento

Nome do docente  

Horário de atendimento

Sala

António Manuel Lopes Tavares

9:30 de Sexta-feira

Gabinete da FDCP