Contacto WhatsApp 961135355

Universidade Lusófona do Porto

História da Democracia

Apresentação

Esta unidade curricular (UC) pretende analisar criticamente os principais momentos históricos do desenvolvimento da ideia e prática democráticas, através da compreensão quer dos processos históricos, quer, sobretudo, dos textos marcantes da história da filosofia e pensamento políticos, na sua relação com a genealogia democrática. Por outro lado, pretende-se explorar o impacto dos desafios contemporâneos no conceito de democracia, sublinhando, para o efeito, fenómenos como o populismo, a aldeia global, a Primavera Árabe, bem como o holismo e visão não-ocidental que caraterizam o quotidiano de vários Estados (em alguns casos, outrora civilizações milenares).

Curso

Ciência Política e Estudos Eleitorais (ULP)

Grau|Semestres|ECTS

| Semestral | 5

Ano | Tipo de unidade curricular | Lingua

1 |Obrigatório |Português

Código

ULP618-15941

Disciplinas complementares recomendadas

N/A

Estágio profissional

Não

Conteúdos Programáticos

PARTE I: O NASCIMENTO E CONSOLIDAÇÃO DA DEMOCRACIA OCIDENTAL

1.1. OS ALVORES DA DEMOCRACIA: A GRÉCIA E ROMA ANTIGAS

1.2. OS CLÁSSICOS DA DEMOCRACIA

PARTE II: A DEMOCRACIA FACE AOS DESAFIOS CONTEMPORÂNEOS

2.1. O CONTRIBUTO DE SAMUEL HUNTINGTON: A TERCEIRA VAGA

2.2. A VISÃO OCIDENTAL VERSUS A VISÃO NÃO-OCIDENTAL DA DEMOCRACIA

            2.2.1. DEMOCRACIA E SOCIEDADES HOLÍSTICAS

            2.2.2. DEMOCRACIA E PRIMAVERA ÁRABE

2.3. DEMOCRACIA, POPULISMO E A ALDEIA GLOBAL

Objetivos

As competências a desenvolver são as da análise textual e crítica; reconhecimento de padrões textuais e argumentativos; conhecimento de contextos históricos e ideias; relacionamento de contextos diferenciados; avaliação sintética e analítica das ideias; construção de explicações históricas e filosóficas.

 

Metodologias de ensino e avaliação

As aulas presenciais baseiam-se, fundamentalmente, na exposição, debate e aprofundamento dos conteúdos programáticos. No sentido de garantir um acompanhamento adequado dos conteúdos e de fortalecer as práticas de inovação pedagógica, procurar-se-á fomentar a participação ativa dos alunos através da análise e discussão em torno de trabalhos individuais sobre os temas lecionados nas aulas.

A avaliação contínua compreende:  

Teste escrito (50%), um trabalho escrito de pesquisa (25%) + apresentação individual 25%).

 

Bibliografia principal

Filho, Arlindo. 2016. "Teoria contemporânea da democracia: as visões de Schumpeter e Dahl". Em Tese. 13(2): 127-141. https://doi.org/10.5007/1806-5023.2016v13n2p127

Huntington, Samuel. 1997. O choque das civilizações e a recomposição da nova ordem mundial. Rio de Janeiro: Objetiva.

Medeiros, Nayara. 2015. 'Democracia clássica e moderna: discussões sobre o conceito na Teoria Democrática'. Revista Eletrônica de Ciência Política, 6(2): 258-279. doi: 10.5380/recp.v6i2.42359

Sakamoto, Yoshizaku. 1991. "O contexto global da democratização". Lua Nova: Revista de Cultura e Política, (23): 131-144. https://dx.doi.org/10.1590/S0102-64451991000100009

Sousa, Fernando de. 2006. "A democracia, face política da globalização?". Revista Brasileira de Política , 49 (1): 5-24. http://dx.doi.org/10.1590/S0034-73292006000100001.

Horário de Atendimento

Nome do docente  

Horário de atendimento

Sala

Paulo Duarte

Disponível mediante marcação prévia