Contacto WhatsApp 961135355

Universidade Lusófona do Porto

Métodos de Investigação em Psicologia

Apresentação

Esta UC pretende constituir uma primeira abordagem à metodologia de Investigação
científica em Psicologia, dotando os alunos de conhecimentos e competências básicas
para compreender e realizar investigação.

Curso

Psicologia (ULP)

Grau|Semestres|ECTS

| Semestral | 6

Ano | Tipo de unidade curricular | Lingua

1 |Obrigatório |Português

Código

ULP608-9398

Disciplinas complementares recomendadas

Estatísticas e UCs laboratoriais

Estágio profissional

Não

Conteúdos Programáticos

Descrição dos conteúdos

CP1: A ciência e o método científico.

1.1 O conhecimento científico.

1.2 Objetivos da ciência e da investigação

1.3 A epistemologia da ciência e metodologia científica: Pressupostos da investigação

qualitativa e investigação quantitativa

CP2: O processo de investigação científica/Planeamento e concretização de uma

investigação (comparação entre metodologias quantitativas e qualitativas)

2.1 A revisão bibliográfica

2.2 A definição do problema

2.3 A formulação de hipóteses/Classificação das hipóteses/definição de variáveis (ponto de vista metodológico e métrico)

2.4 Questões de partida

CP3:O desenho de investigação (comparação entre metodologias quantitativas e

qualitativas)

3.1 Planos experimentais, quasi-experimentais, não experimentais;

3.2 Fenomenologia, Etnografia, Grounded Theory, Estudo de caso

3.4 Os métodos de recolha de dados

3.5 Notação, Descrição, Entrevista, Questionário, Testes/Escalas

CP4: Ética

4.1 Ética na investigação

4.2 Fraude académica

Objetivos

OA1: Conhecer e analisar criticamente as características do conhecimento científico.

OA2: Conhecer e identificar as distintas metodologias de investigação e debater o seu âmbito de aplicação;

OA3: Conhecer e identificar o processo de investigação científica, nomeadamente os objetivos de cada uma das suas etapas;

OA4: Conhecer e identificar os planos de investigação mais comuns das diferentes metodologias e debater a sua aplicabilidade, nomeadamente as suas vantagens e desvantagens ao nível da sua operacionalização.

OA5: Conhecer e debater dilemas éticos que a investigação com seres humanos coloca.

 

Metodologias de ensino e avaliação

Os conteúdos programáticos serão lecionados através do recurso a uma diversidade de métodos, designadamente, ME1: Exposição oral com apoio de materiais audiovisuais; ME2: Diálogo interativo; ME3: Atividades de pequeno grupo em sala de aula; ME4: Pesquisa bibliográfica. A avaliação inclui 3 elementos: 1) a realização de um trabalho de grupo desenvolvido ao longo das aulas (30%) e respetiva apresentação pública (avaliação individual) (20%); e a realização de um exame (50%). A avaliação das componentes teórica e prática são independentes e necessitam de aprovação a ambas, ou seja, a obtenção de uma avaliação não inferior a 9,5 valores. No caso de reprovação, os elementos de avaliação com avaliação não inferior a 9.5 são congelados e transitam para a ponderação da classificação em exame de recurso. Para efeitos de frequência, assiduidade e justificação de faltas, os estudantes devem consultar os artigos 11º e 13º do Regulamento.

Bibliografia principal

Alferes, V. R. (1997). Investigação científica em Psicologia: Teoria e prática. Coimbra:

Almedina.

Almeida L. & Freire, T. (2008). Metodologia de investigação em psicologia e educação.

Braga: Psiquilibrios.

Coutinho, C. P. (2011). Metodologia de investigação em ciências sociais e humanas.

Coimbra

Creswell, J. W. (2008). Research design: Qualitative, quantitative, and mixed methods

approach. Thousand Oaks, CA: Sage Publications

Goodwin, C. J. (2009). Research in Psychology: Methods and design (6th ed.). Hoboken, NJ: John Wiley & Sons.

Martin, W. E. & Bridgmon, K. D. (2012). Quantitative and statistical research methods:

From hypothesis to results. San Francisco, CA: John Wiley and Sons

Willig, C., & Rogers, W. S. (Eds.). (2017). The SAGE handbook of qualitative research

in psychology. London: Sage.

 

Horário de Atendimento

Nome do docente  

Horário de atendimento

Sala