Contacto WhatsApp 961135355

Universidade Lusófona do Porto

Conflitos e Segurança Internacionais

Curso

Estudos Europeus, Estudos Lusófonos e Relações Internacionais (ULP)

Grau|Semestres|ECTS

Licenciatura | Semestral | 5

Ano | Tipo de unidade curricular | Lingua

3 |Obrigatório |Português

Total de horas de Trabalho | Tempo de Contacto (horas)

135 | 45

Código

ULP290-14766

Disciplinas complementares recomendadas

Não aplicável

Modalidade de Ensino

Face-a-face

Precedências

Não

Estágio profissional

Não

Conteúdos Programáticos

1. Conceito e estudo dos conflitos e da segurança internacionais
1.1. Estudo dos conflitos e consagração da polemologia
1.2. Fundamentos e conceito de segurança internacional
2. Teorias sobre a natureza e as causas dos conflitos
2.1. A teoria socioeconómica
2.2. A teoria sociohistórica
2.3. A teoria sociopolítica
2.4. A teoria sociopsicológica
2.5. As teorias de estratégia
3. Estratégias, processos e técnicas de resolução dos conflitos internacionais
3.1. As vias de solução e de controlo dos conflitos internacionais
3.2. Os intervenientes na resolução dos conflitos internacionais
a) O papel e importância das Organizações Internacionais
b) O papel dos representantes dos Estados
c) A importância dos Tribunais Internacionais
3.3. Técnicas de solução de conflitos internacionais
4. Segurança e paz mundial
4.1. Os estudos para a paz
4.2. Segurança internacional e manutenção da paz: a ONU
4.3. A preservação da paz e o desenvolvimento humano, económico e social

Objetivos

Proporcionar a compreensão e o conhecimento do objeto de estudo dos conflitos e da segurança internacionais, ou seja: da natureza e dos tipos de conflitos; dos mecanismos de segurança internacional; das teorias sobre as causas dos conflitos; das teorias da estratégia; dos processos e técnicas de resolução dos conflitos e das missões destinadas à manutenção, imposição e preservação da paz mundial.

Conhecimentos, capacidades e competências a adquirir

Dotar os estudantes com os conhecimentos indispensáveis para a compreensão dos Conflitos e Segurança Internacionais, bem como da relevância que assumem, particularmente no atual contexto das Relações Internacionais.

Metodologias de ensino e avaliação

As aulas serão divididas em duas partes distintas: uma parte relativa à exposição teórica das matérias a tratar e outra parte destinada à apresentação de trabalhos.
A avaliação é contínua através de trabalhos e uma prova escrita. No que respeita aos trabalhos, cada estudante faz dois trabalhos. Especifica-se ainda que a avaliação dos trabalhos incide sobre o texto escrito e a apresentação oral do mesmo. O teste escrito será realizado na última aula e versará sobre a matéria teórica leccionada. A ponderação das notas é de 0 a 20 valores para cada elemento de avaliação, sendo a nota final resultado da média da nota de 4 elementos (2 trabalhos, um teste e participação nas aulas), a saber:
Avaliação contínua:
1º trabalho: 30% - 20% apresentação escrita e 10% apresentação oral
2º trabalho: 30% - 20% apresentação escrita e 10% apresentação oral
Teste escrito: 30%
Participação: 10%
A avaliação final consiste num exame escrito: 100%

Bibliografia principal

Baltazar, M. da S. (2007). (Re) Pensar a Sociologia dos Conflitos: a disputa paradigmática entre a paz negativa e ou a paz positiva. Nação e Defesa. Instituto de Defesa Nacional (3ª série), 116:157-185.
Castells, M.l & Serra, N. (eds). (2003). Guerra y Paz en siglo XXI. Barcelona, Tusquets Editores.
Correia, P. P. (2004). Manual de Geopolítica e Geoestratégia. Análise geoestratégica de um mundo em conflito. Coimbra: Quarteto Editora.
David, C. P. (2001). A guerra e a paz: abordagens contemporâneas da segurança e da estratégia. Lisboa: Instituto Piaget.
Duque, R.; Noivo, D. & Silva, T. (2016). Segurança contemporânea. Lisboa: Practor.
Fernandes, A. (2011). Conflitos e paz mundial: a importância da ONU. Lisboa: Quid Juris Editora.
Nação e Defesa (2000). Prevenção de conflitos e manutenção da paz. Instituto de Defesa Nacional (3ª série), 116:157-185.
Nye, J. (2002). Compreender os Conflitos Internacionais ¿ uma introdução à teoria e à história. Lisboa: Gradiva.