Contacto WhatsApp 961135355

Universidade Lusófona do Porto

Infra-Estruturas Rodoviárias

Curso

Engenharia Civil (ULP)

Grau|Semestres|ECTS

Licenciatura | Semestral | 5

Ano | Tipo de unidade curricular | Lingua

3 |Obrigatório |Português

Total de horas de Trabalho | Tempo de Contacto (horas)

135 | 45

Código

ULP730-1179

Disciplinas complementares recomendadas

Não aplicável

Modalidade de Ensino

Face-a-face

Precedências

Não

Estágio profissional

Não

Conteúdos Programáticos

- Infraestruturas Rodoviárias: conceitos gerais; elementos de definição de uma estrada.
- Engenharia de Tráfego: conceitos gerais. Hierarquia viária: classificação e categoria. Velocidade base, específica e de tráfego.
- Geometria do traçado: Constituição do traçado em planta (diretriz). Normas do traçado.
- Projeto da estrada: Peças constituintes do projeto. Perfil longitudinal (rasante). Perfil transversal. Drenagem Superficial em estradas.
- Estudo do traçado de estradas: Condicionantes na escolha do traçado. Fases de um projeto.
- Terraplenagens e Movimento de terras: Cálculo das áreas dos perfis transversais. Cálculo dos volumes entre perfis. Distribuição de terras. Breves noções de geotecnia aplicada a obras rodoviárias.
- Introdução ao estudo de Pavimentos Rodoviários: Conceito e definições. Estudo comparativo dos diferentes tipos de pavimentos. Características superficiais e estruturais de pavimentos. Patologias e reabilitação dos pavimentos.

Objetivos

Esta unidade curricular reveste-se de um carácter muito específico relativamente às demais UC do ciclo de estudos, inerente à especificidade das respetivas fases de projeto e execução em obra de infraestruturas rodoviárias. Assim, o principal objetivo desta UC consiste em fornecer conhecimentos, técnicas e ferramentas que permitam aos alunos desenvolverem, executarem e fiscalizarem projetos e obras de infraestruturas rodoviárias.

Conhecimentos, capacidades e competências a adquirir

Nesta unidade curricular, o estudante irá apreender os conceitos rodoviários subjacentes às características geométricas das estradas. Assim, no final desta UC, o estudante terá capacidade de interpretar e manipular os elementos desenhados e escritos que fazem parte de projetos rodoviários, bem como identificar as características dos diferentes elementos rodoviários e associá-las a parâmetros indicadores do seu desempenho, podendo formular propostas de alteração de elementos rodoviários com vista ao seu melhoramento. Dada a possibilidade de lidar com elementos reais de projeto, o estudante estará apto a desenvolver soluções eficientes em novos projetos de infraestruturas rodoviárias, bem como na sua reabilitação.

Metodologias de ensino e avaliação

Os métodos de ensino-aprendizagem serão baseados no trabalho desenvolvido nas aulas,no estudo e na pesquisa de bibliografia pelo estudante.Durante as sessões teóricas, o docente fará a apresentação e discussão dos conteúdos programáticos, com aplicação dos conhecimentos adquiridos a situações concretas e a exemplos de casos práticos reais. Nas sessões práticas, os estudantes terão oportunidade de aplicar os temas em análise através da resolução de exercícios ou problemas propostos.
AVALIAÇÃO CONTÍNUA: serão realizados dois testes sumativos durante o semestre (35% + 30%); será proposta a realização individual de um trabalho prático de projecto de um trecho de uma estrada, a realizar parcialmente durante as aulas (30%); a participação nas aulas será valorizada (5%). Serão aprovados os estudantes que obtenham 10 valores ou mais na soma ponderada destes elementos de avaliação.
AVALIAÇÃO POR EXAME FINAL: prova escrita (100%).

Bibliografia principal

França, A.Q.S (1995) Geometria do traçado, integrado nos Apontamentos de Vias de Comunicação da Disciplina de Vias de Comunicação. FEUP, pp. 1 - 50.
França, A.Q.S (1991) O estudo do traçado de estradas, integrado nos Apontamentos de Vias de Comunicação da Disciplina de Vias de Comunicação. FEUP; pp. 1 - 61.
JAE (1994). Norma de Traçado.
Couto, A. J. F. (1996) Cálculo do perfil longitudinal. FEUP.
JAE (1998). Plano Rodoviário Nacional 2000 (PRN 2000)
Santos, L. P. e Pereira P. (2002), Pavimentos Rodoviários. FCTUC, Coimbra; 2002.