Contacto WhatsApp 961135355

Universidade Lusófona do Porto

Física II

Curso

Engenharia Civil (ULP)

Grau|Semestres|ECTS

Licenciatura | Semestral | 6

Ano | Tipo de unidade curricular | Lingua

1 |Obrigatório |Português

Total de horas de Trabalho | Tempo de Contacto (horas)

162 | 60

Código

ULP730-506

Disciplinas complementares recomendadas

Não aplicável

Modalidade de Ensino

Face-a-face

Precedências

Não

Estágio profissional

Não

Conteúdos Programáticos

Princípios fundamentais e conceitos básicos. Leis de Newton. Sistemas de unidades.
Operações vetoriais e propriedades. Representação de sistemas de forças.
Vectores força e sistemas de forças equivalentes.
Estática do ponto material.
Estática do corpo rígido.
Análise de estruturas planas.
Sistemas articulados planos - treliças.
Conceitos de tensão.
Relação tensão-deformação.
Carregamento axial.

Objetivos

A Unidade Curricular constitui um dos primeiros marcos na formação específica do Engenheiro Civil, correspondente à introdução dos conceitos fundamentais que permitem a expressão do equilíbrio das estruturas de Engenharia Civil e estão na base do seu dimensionamento.
Tem como objetivos instruir e desenvolver a capacidade para entender e resolver problemas da mecânica dos sistemas de pontos materiais e dos corpos rígidos em repouso (estática), através da introdução dos conceitos teóricos e das metodologias práticas para as aplicações correntes da Engenharia (com especial ênfase na Engenharia Civil).

Conhecimentos, capacidades e competências a adquirir

Desenvolver competências técnicas resultantes da aquisição de conhecimentos relativos a matérias estruturais na formação do Engenheiro Civil. Estas competências envolvem a compreensão e a estruturação do pensamento, assim como a aplicação dos conhecimentos em novos problemas e na exploração de novos conceitos.
No final desta Unidade Curricular, os estudantes deverão ser capazes de exprimir matematicamente o equilíbrio dos corpos rígidos, assim como determinar as reações de apoio em sistemas isostáticos simples. Deverão igualmente ser capazes de representar a distribuição interna de forças em estruturas simples.

Metodologias de ensino e avaliação

METODOLOGIAS DE ENSINO: Os métodos de ensino-aprendizagem são baseados no trabalho desenvolvido nas aulas, no estudo e na pesquisa por parte do estudante. Durante as sessões teóricas, o docente fará a apresentação e discussão dos conteúdos programáticos, com aplicação dos conhecimentos adquiridos a situações concretas apresentadas. Nas sessões práticas, os estudantes participarão na discussão dos temas em análise e na resolução de exercícios/problemas propostos. Será solicitada ainda a resolução de alguns problemas fora da sala. Poderá, em determinados momentos, exigir-se ao estudante, individualmente ou em grupo, a apresentação e defesa oral do seu trabalho.
AVALIAÇÃO: De acordo com o Regulamento de Avaliação de Conhecimentos e de Competências da ULP.
Avaliação contínua sem prova final ¿ 2 testes de avaliação (40% + 50%); trabalhos práticos (10%). A aprovação requer uma classificação mínima de 6 valores, em cada um dos testes.
Avaliação por exame ¿ prova escrita (100%).

Bibliografia principal

- Beer, Ferdinand P. et al. - Mecânica vectorial para engenheiros. Estática, Edições McGraw-Hill.
- Hibbeler, R. C. - Engineering Mechanics. Statics, Edições Pearson Higher Education.
- Merianm, J. L.; Bolton, J. N.; Kraige, L. G. - Engineering Mechanics: Statics, Edições John Wiley & Sons.
- Documentos de apoio disponibilizados ao longo do semestre.