Contacto WhatsApp 961135355

Universidade Lusófona do Porto

Análise Estrutural

Curso

Engenharia Civil (ULP)

Grau|Semestres|ECTS

Licenciatura | Semestral | 6

Ano | Tipo de unidade curricular | Lingua

3 |Obrigatório |Português

Total de horas de Trabalho | Tempo de Contacto (horas)

162 | 60

Código

ULP730-4475

Disciplinas complementares recomendadas

Não aplicável

Modalidade de Ensino

Face-a-face

Precedências

Não

Estágio profissional

Não

Conteúdos Programáticos

Cálculo de estruturas reticuladas hiperstáticas bidimensionais método dos deslocamentos
- Simetria e anti-simetria
- Barras de rigidez axial infinita
Dinâmica e análise sísmica de estruturas
- Cálculo de frequências naturais pelo método de Rayleigh e método do determinante
- Análise de estruturas reticuladas tridimensionais em betão armado de acordo com o EC8.
Análise de estruturas metálicas de acordo com o EC3
- Análises de 1ª e 2ª ordem
- Instabilidade local
- Ligações

Objetivos

Pretende-se que os estudantes aprendam a aplicar métodos de cálculo de estruturas hiperestáticas a modelos estruturais comuns em engenharia civil, para diversos tipos de acções. Pretende-se ainda que os estudantes compreendam o comportamento dinâmico de estruturas, e consigam de forma autónoma realizar análises estruturais com recurso a software comercial (Autodesk Robot).

Conhecimentos, capacidades e competências a adquirir

Pretende-se que sejam atingidas as competências em:
- Interpretação e análise de esquemas estruturais;
- Cálculo elástico de estruturas hiperestáticas pelo método dos deslocamentos;
- Cálculo dinâmico de estruturas: análise sísmica de estruturas de acordo com o Eurocódigo 8;
- Cálculo automático de estruturas (metálicas) de acordo com o Eurocódigo 3.

Metodologias de ensino e avaliação

As sessões serão divididas em teóricas e práticas, ou teórico-práticas sempre que tal se revele mais apropriado. As componentes teóricas serão essencialmente expositivas, interrogativas e ativas de modo a fomentar a motivação e participação dos estudantes. As componentes práticas prender-se-ão essencialmente com a resolução de exercícios e elaboração de trabalhos individuais ou em grupo, com base nos conhecimentos apreendidos nas sessões teóricas. Em avaliação contínua, serão realizadas duas frequências (com pesos de 40%+40% respetivamente) durante o semestre, com duração máxima de 2 horas cada totalizando 80% da classificação final. Será ainda realizado um trabalho prático, que terá um peso de 20% na classificação final.
Requisitos mínimos para aprovação na disciplina em frequência:
- Média ponderada das frequências e trabalho igual ou superior a 10 valores;
Avaliação por exame final:
- Classificação igual ou superior a 10 valores.

Bibliografia principal

S. P. Timoshenko, D. H. Young (1965), Theory of Structures, McGraw-Hill, New York.
H. H. West (1989), Analysis of Structures: An Integration of Classical and Modern Methods, Segunda Edição, John Wiley & Sons, Nova Iorque.
Segadães Tavares, Análise Matricial de Estruturas, Curso 129, LNEC
A. Ghali and A. M. Neville, Structural Analysis A unified classical and matrix approach, E&FN SPON
Clough, R W; Penzien, J, Dynamics of Structures, McGraw-Hill, Incorporated
J. N. Reddy, Energy Principles and Variational Methods in Applied Mechanics, Wiley
John F. Flemming, Analysis of Structural Systems, Prentice Hall
Eurocódigo 3 (Partes 1-1 e 1-8)
Eurocódigo 8 (Parte 1)
Folhas da Cadeira