Contacto WhatsApp 961135355

Universidade Lusófona do Porto

Contemporary Art

Presentation

  1. Reconhecer os vários agente que constituem o sistema da arte contemporânea, os diversos espaço expositivos e espaços de apresentação de criações artísticas,
  2. b) conhecer o campo de actuação do artista, as diferentes práticas e áreas artísticas de intervenção,
  3. e, finalmente conhecer os diversos temas e temáticas contemporâneas.

Programme

Audiovisual and Multimedia Communication

Level of Qualification|Semesters|ECTS

| Semestral | 4

Year | Type of course unit | Language

3 |Mandatory |Português

Code

ULP728-6268

Recommended complementary curricular units

É cada vez mais difícil falar de «arte» no singular, porque foi desaparecendo a sua especificidade enquanto meio, bem como as fronteiras que separavam o objecto artístico dos outros objectos. Falar das «artes», no plural, corresponde a reconhecer que, na contemporaneidade, as artes escaparam às categorias e códigos que as delimitavam, ao mesmo tempo que se disseminaram por toda a experiência. As razões disso são múltiplas, nomeadamente de ordem tecnológica e cultural. A apreensão deste fenómeno passa, primeiramente, por compreender o lugar da arte na modernidade e as suas trajectórias subsequentes, desde o modernismo e as vanguardas até ao que se convencionou denominar como pós-vanguarda. Em segundo lugar, é necessário mapear as principais formas da arte contemporânea, dando-se atenção especial à maneira como romperam e/ou alargaram o seu âmbito histórico.

Professional Internship

Não

Syllabus

Reconhecer os vários agente que constituem o sistema da arte contemporânea, os diversos espaço expositivos e espaços de apresentação de criações artísticas, b) conhecer o campo de actuação do artista, as diferentes práticas e áreas artísticas de intervenção, c) e, finalmente conhecer os diversos temas e temáticas contemporâneas.

Objectives

  1. Considerações sobre arte contemporânea.
  2. O artista, o sistema da arte contemporânea e os seus agentes e espaços. 
  3. Temas e temáticas contemporâneas.

A arte pela arte, a arte política, a crítica institucional, arte ocidental e arte não ocidental, o quotidiano na arte contemporânea, ready-made, objet trouvé e a apropriação.

  1. Pintura.

Pintura figurativa, abstrata, pintura site-specific e pintura em campo expandido.

  1. Escultura, escultura site-specific e escultura em campo expandido.
  2. Práticas fotográficas.

 

A fotografia documental, a fotografia abstrata, a fotografia em campo expandido, a relação da fotografia com pintura, com escultura e com a performance.

 

 

  1. As artes performativas

Performance art,  Happening e Body Art,

A relação da performance art com as artes performativas (teatro, dança, música), a poesia, o cinema e as artes plásticas.

  1. Vídeo arte e Vídeo Performance. Entre a criação e a documentação.

 

Teaching methodologies and assessment

Os diversos núcleos do programa proporcionam o conhecimento da criação artística contemporânea, os criadores mais significativos, a identificação das diversas áreas e práticas artísticas, o conhecimento de múltiplas temáticas e estéticas contemporâneas. O programa atravessa os últimos cinquenta anos e coloca em relação as várias culturas, proporcionando a construção de um espírito analítico relativista e teoricamente fundamentado.

References

 

 Arthur C. Danto (1997) - After the end of art. Contemporary art and the pale of history, Princeton/New Jersey, Princeton University Press.

Benjamin H. D. Buchloh (2000) - Neo-Avantgarde and Culture Industry. Essays On European and American Art from 1955 to 1975, Cambridge/Londres, The Mit Press.

Charles Baudelaire (1860) - Le Peintre da la Vie Moderne (trad. portuguesa O Pintor da Vida Moderna, edição de Maria Teresa Cruz, Lisboa, Vega.

Clement Greenberg (1961) - Arte y Cultura. Ensayos Criticos (or. Art and Culture. Critical Essays) Barcelona, G. Gili, 1979.

Diana Domingues (org.) - A Arte no Século XXI: A Humanização das Tecnologias, São Paulo, Unesp, 1997.

Frank Popper (1993) - Art of the Electronic Age, Londres, Thames and Hudson.

Gregory Battcock (1968) - Minimal Art. A Critical Anthology, Berkeley, California U.P., 1995.

Hal Foster (1996) - The Return of the Real. The Avant-Garde at the End of the Century, Mass., M.I.T. Press.

Office Hours

Nome do docente  

Horário de atendimento

Sala