Contacto WhatsApp 961135355

Universidade Lusófona do Porto

19ª Festa do Cinema Francês

A decorrer entre os dias 4 de outubro e 11 de novembro de 2018

Exposição

Data

-

04 Outubro 2018

Mais informações no website do evento

  • Masterclass ACID | L'Amour debout, M. Dacheux

    Projecção seguida da masterclass em francês, com a presença das realizadoras
    Moderação: David Pinho Barros

    Sinopse
    Martin, numa última esperança, vem ao encontro de Léa em Paris. Os dois têm vinte e cinco anos e viveram juntos a sua primeira história de amor. De agora em diante, todo o mundo está trabalhando duro para construir uma vida de adultos.

    Temas
    A gênese do filme : da escrita à reescrita do roteiro
    O lugar do lirismo : a relação com a palavra e a música, jogo de acção
    Tensão entre realismo e artifício

  • Masterclass ACID | Dans la terrible jungle, C. Capelle & O. Ley

    Projecção seguida da masterclass em francês, com a presença das realizadoras
    Moderação: David Pinho Barros

    Sinopse
    No Instituto Médico-Educacional de La Pépinière, uma dezena de adolescentes, rebeldes, francos e espontâneos, presta-se ao jogo da encenação e do cinema. Um campo de experimentos musicais, poéticos, amorosos e filosóficos: o centro assume um caráter de saída.

    Temas
    O processo de construção do filme
    Rodar num espaço confinado: que desafios, que restrições?
    Trabalhar com atores não profissionais, adolescentes com deficiência
    Do documentário à ficção: como brincar com os códigos dos gêneros.

  • Num Mundo em Mudança, Encontraremos sempre Inspiração no Cinema

    Orador

    Antoine Sire (Directeur de L’engagement do Bnp Paribas)

    A paixão de Antoine Sire pelo cinema levou-o a deixar a comunicação da banca para escrever, entre 2013 e 2016, "Hollywood, la Cité des Femmes" (2016, Actes Sud). Um livro escrito para, segundo o próprio, "reabilitar o trabalho das atrizes durante a idade de ouro do cinema americano". Agora, é o filme de Bertrand Tavernier sobre a história do cinema francês que vê e revê vezes sem conta, onde, diz, ressoa a história de um povo.

    Neste ano em que se celebram os 20 anos do Tratado de Amizade Paris-Lisboa, convém referir que Antoine Sire mantém um espaço semanal em parisfaitsoncinema.com, no qual publica fichas de clássicos franceses com Paris como cenário natural. A rádio é também outra das suas atividades.

    Aos 6 anos, Antoine Sire foi o filho de Jean-Louis Trintignant no filme Un Homme et une Femme de Claude Lelouch (1966), retomando esse papel 20 anos depois em Un Homme et une Femme: Vingtans Déjà.

    Outras publicações: "Aux Couleurs de la Butte" (romance, Albin Michel, 1997), as monografias "Le Diable et le Cryptographe" e "Le Mentor Trahi de Steve McQueen" (Ulyces.fr).

    Diplomado pelo IEP-Institut d’études politiques, com um DEA em Direito público, Antoine Sire é, desde 2017, Directeur de l’engagement do BNP Paribas. Entre 1992 e 1995, dirigiu a comunicação e ação regional da Associação francesa de Bancos, seguindo-se (1995-1997) a direção de comunicação da Confédération Nationale do Crédit Mutuel. Durante 16 anos esteve à frente do Grupo de Comunicação do BNP Paribas.

  • Debate ACID | Un violent désir de bonheur, C. Schneider

    Projecção seguida da masterclass em francês, com a presença do realizador
    Moderação e tradução: Julia Correia 

    Sinopse
    1792. Longe do epicentro da Revolução Francesa, o convento do jovem monge Gabriel é requisitado como quartel pelas tropas revolucionárias. Uma coabitação forçada entre monges e soldados segue, o que não deixa Gabriel indiferente às novas idéias.

    Temas
    Desafios de produção de um filme histórico
    Interação entre atores aspirantes e confirmados
    O papel do imaginário e a interpretação da História no cinema
    filmar as margens da Revolução, propor outra visão da História, filmar a História
    A música como ligação entre a narração histórica e o mundo contemporâneo

  • Debate ACID | Nous, les coyotes, H. Ladoul & M. La Via

    Projeção seguida da masterclass em francês, com a presença dos realizadores
    Moderação e tradução: Julia Correia 

    Sinopse
    Amanda e Jake namoram e querem (re)começar as suas vidas em Los Angeles. Serão eles capazes de fazer as escolhas certas? As primeiras vinte e quatro horas das suas novas vidas levá-los-ão da surpresa à decepção de uma ponta à outra da cidade.

    Temas
    A gênese do filme
    Códigos e desafios de produção do road-movie americano
    Casting
    O papel importante da música
    Um filme em inglês, por quê?
    Produzir um filme nos Estados Unidos

  • Masterclass ACID | Il se passe quelque chose, A. Alix

    Projecção seguida da masterclass em francês, com a presença da realizadora
    Moderação e tradução: Julia Correia 

    Sinopse
    Avignon. Irma, que já não encontra o seu lugar no mundo, encontra no seu caminho Dolores, uma mulher livre e desinibida encarregada de escrever um guia turístico gay-friendly num canto esquecido da Provença. O duo improvável começa nas estradas. Em vez de uma Provença pitoresca e sexy, elas descobrem um mundo mais complexo e uma humanidade calorosa que se esforça para existir. Para cada uma delas, é uma viagem iniciática.

    Temas
    O impacto do campo e do encontro sobre a construção e a evolução do roteiro
    Direção de atores profissionais e não profissionais
    O contraste entre a leveza do tom e a profundidade dos temas
    O compromisso político dos personagens