Contacto WhatsApp 961135355

Universidade Lusófona do Porto

Ciclo de Conferências - Do Comum

Explorar o problema do comum em nas mais diversas perspetivas

Debate

Data

-

Teatro Rivoli

12 Fevereiro 2019

(Imagem da autoria de Mariana Gomes Gonçalves; Titulo: "A partir de dig de Daniel Silver")

Tudo o que existe sobre a superfície da terra - a morada dos humanos -, é produto de todos os viventes, os antecessores, os sucessores e os contemporâneos. Tudo o que é privado, particular, emerge da combinação das forças humanas, da peculiar potência do trabalho em comum. Neste contexto, iremos explorar o problema do comum em várias perspetivas. 

Calendário

12 de fevereiro - 19h
A Refundação Do Comum: Da Grande Anomalia ao Novo Habitar da Terra
Viriato Soromenho Marques (Professor Catedrático da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa)

26 de março - 19h

A descoberta de Wittgenstein

Sofia Miguens (Professora na Universidade do Porto)

16 de abril - 19h

O poema solitário, interrupção do comum

António Guerreiro

14 de maio - 19h

Imitação, Comum, Propriedade Intelectual

António Machuco Rosa

18 de junho - 19h

Do Comum c/ Eduardo Souto de Moura

Eduardo Souto de Moura

  • Um Comum para Além do Humano

    Local

    Jardim de S. Lázaro

    Resumo

    Os limites da humanidade são os limites do meu mundo. Esta proposição poderia expressar o tipo de dogma metafísico que define o nosso horizonte de identidade, com suas dicotomias entre humanidade e animalidade, entre humanidade e inumanidade. Nesta conferência, gostaria de insistir em como a identificação de si com as figuras do inumano pode quebrar as ilusões de autonomia, de identidade e de unidade que definem os limites de nossas formas atuais de vida.

    Orador

    Vladimir Safatle, filósofo, escritor e músico brasileiro nascido no Chile. É professor titular da cadeira de Teoria das Ciências Humanas da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo. Notabilizou-se junto do grande público sobretudo pela sua atividade como colunista no jornal Folha de S. Paulo. A sua produção intelectual centra-se nas áreas de epistemologia da psicanálise, psicologia, pensamento hegeliano, filosofia do século XX e filosofia da música.