Contacto WhatsApp 961135355

Universidade Lusófona do Porto

Estudante Internacional




1 - Calendário de candidaturas e provas


Fases de Candidatura para Estudantes Internacionais 2018-19

Calendário de candidatura para o Concurso especial de acesso e ingresso para estudantes internacionais 2018-19
Datas Provas internas Divulgação dos resultados
5 a 23 fevereiro 2018 26 fevereiro a 2 março 2018 12 março 2018
24 fevereiro a 16 março 2018* 19 a 23 março 2018 2 abril 2018
17 março a 6 abril 2018* 9 a 13 abril 2018 23 abril 2018
7 abril a 18 maio 2018* 21 a 25 maio 2018 4 junho 2018
19 maio a 8 junho 2018* 11 a 15 junho 2018 25 junho 2018
9 junho a 6 julho 2018* 9 a 13 julho 2018 23 julho 2018
7 julho a 31 agosto 2018* 3 a 7 setembro 2018 17 setembro 2018
1 a 21 setembro 2018* 24 a 28 setembro 2018 8 outubro 2018
17 dezembro 2018 a 1 fevereiro 2019***   4 fevereiro 2019

* - Vagas Sobrantes
** - Caso existam vagas sobrantes serão definidas novas fases de candidaturas
*** - Fase extra destinadas a candidatura de alunos brasileiros titulares do Exame nacional do Ensino Médio - ENEM

Datas das provas por fases

Despacho Reitoral - Concurso Especial para Estudantes Internacionais

download

1ª fase (de 26 de feverreiro a 2 de março de 2018)
Prova Datas Hora
Biologia e Geologia e Física e Química 26 de fevereiro 15h
Matemática Aplicadas às Ciências Sociais 27 de fevereiro 15h
Português 01 de março 15h
Matemática 02 de março 15h

2ª fase (de 19 a 23 de março de 2018)
Prova Datas Hora
Biologia e Geologia e Física e Química 19 de março 15h
Matemática Aplicadas às Ciências Sociais 20 de março 15h
Português 22 de março 15h
Matemática 23 de março 15h

3ª fase (de 9 a 13 de abril de 2018)
Prova Datas Hora
Biologia e Geologia e Física e Química 9 de abril 15h
Matemática Aplicadas às Ciências Sociais 10 de abril 15h
Português 12 de abril 15h
Matemática 13 de abril 15h

4ª fase (de 21 a 25 de maio de 2018)
Prova Datas Hora
Biologia e Geologia e Física e Química 21 de maio 15h
Matemática Aplicadas às Ciências Sociais 22 de maio 15h
Português 24 de maio 15h
Matemática 25 de maio 15h

5ª fase (de 11 a 15 de junho de 2018)
Prova Datas Hora
Biologia e Geologia e Física e Química 11 de junho 15h
Matemática Aplicadas às Ciências Sociais 12 de junho 15h
Português 14 de junho 15h
Matemática 15 de junho 15h

6ª fase (de 9 a 13 de julho de 2018)
Prova Datas Hora
Biologia e Geologia e Física e Química 9 de julho 15h
Matemática Aplicadas às Ciências Sociais 10 de julho 15h
Português 12 de julho 15h
Matemática 13 de julho 15h
7ª fase (de 3 a 7 de setembro de 2018)
Prova Datas Hora
Biologia e Geologia e Física e Química 3 de setembro 15h
Matemática Aplicadas às Ciências Sociais 4 de setembro 15h
Português 6 de setembro 15h
Matemática 7 de setembro 15h
8ª fase (de 24 a 28 de setembro de 2018)
Prova Datas Hora
Biologia e Geologia e Física e Química 24 de setembro 15h
Matemática Aplicadas às Ciências Sociais 25 de setembro 15h
Português 27 de setembro 15h
Matemática 28 de setembro 15h

Matrizes das provas de ingresso

Prova Matemática Aplicada às Ciências Sociais

download

2 - Como realizar candidatura e os documentos necessários


Concurso para Estudante Internacional - Licenciaturas e Mestrados Integrados

O Concurso para Estudante Internacional aplica-se a alunos fora da União Europeia não titulares de curso superior que pretendam frequentar um Curso de Licenciatura ou Mestrado Integrado na Universidade Lusófona. Antes de realizar a candidatura consulte o Regulamento do Estudante Internacional

Candidatar-me

Candidatar-me com ENEM

Documentos a entregar para candidaturas a Licenciatura ao abrigo do Concurso para Estudante internacional

Os estudantes internacionais devem apresentar no ato de candidatura ao concurso especial de acesso e ingresso os documentos seguintes:

  • Diploma ou certificados têm de evidenciar as circunstâncias da sua emissão de forma fidedigna e devem ser autenticados pelo Consulado Português no país emitente ou, se for caso disso, apostilados, nos termos da Convenção de Haia e traduzidos para a língua portuguesa por tradutor ajuramentado quando estiverem elaborados em língua diferente da portuguesa, espanhola, francesa ou inglesa;
  • Dos diplomas e certificados tem de constar, obrigatoriamente, a escala de classificação e a classificação final obtida no programa de ensino bem como que confere aos estudantes internacionais o direito de se poder candidatar e poder ingressar no ensino superior no país em que foi conferido
  • Ficha ENES, no caso de serem titulares do ensino secundário português;
  • Documentação exigida pela legislação aplicável, no caso de serem titulares de habilitação legalmente equivalente ao ensino secundário;
  • Uma fotografia tipo passe;
  • Documento de identificação pessoal e fiscal exigida pela legislação portuguesa (original e fotocópia) e ainda declaração de compromisso de entrega posterior de autorização de residência.

Os alunos com Exame Nacional do Ensino Médio ENEM (Brasil) válidos e exames nacionais de acesso ao ensino superior ficam dispensados da realização das provas internas.



3 - Estudantes Brasileiros

Todas as informações sobre candidaturas à Universidade Lusófona de Lisboa para estudantes oriundos do Brasil podem ser consultadas na página do estudante brasileiro.


4 - Informação sobre Mensalidades

O estudantes brasileiros pagam o mesmo valor que todos os outros alunos. Consulte a página com os diferentes valores por curso

Consulte todos os preços aqui

Lembre-se que em Portugal mensalidade = propina e taxas = emolumentos.

Informação para pagamentos

Número bancário Internacional
SWIFT/BIC: BCOMPTPL

  • Na transferência indique o seu número de aluno ou candidato
  • Envie um email para info@ulp.pt com comprovativo da transferência

PayPal (apenas para Candidaturas e Cursos Livres) - dados disponíveis após submissão do formulário de Candidatura/Inscrição.


5 - Diplomas e Certificados

Os diplomas e certificados têm de evidenciar as circunstâncias da sua emissão de forma fidedigna e devem ser autenticados pelo Consulado Português no país emitente ou, se for caso disso, apostilados, nos termos da Convenção de Haia e traduzidos para a língua portuguesa por tradutor ajuramentado quando estiverem elaborados em língua diferente da portuguesa, espanhola, francesa ou inglesa.

Dos diplomas e certificados referidos no nº 1 do Regulamento tem de constar, obrigatoriamente, a escala de classificação e a classificação final obtida no programa de ensino bem como que confere aos estudantes internacionais o direito de se poder candidatar e poder ingressar no ensino superior no país em que foi conferido.

Vistos

Após apresentação de candidatura e pagamento das taxas (de candidatura e da Declaração de Concessão de Visto) deve dirigir-se à Embaixada de Portugal ou ao Consulado português mais perto da sua área de residência.

Na página do Serviço de Estrangeiros e Fronteira (SEF) encontra todas as informações sobre o Visto de residência para estudo e a documentação que terá que apresentar.

Depois de chegar a Portugal, o seu visto, que terá validade de 120 dias, terá que ser substituído por uma Autorização de Residência, para esse efeito deverá dirigir-se ao SEF até um mês antes do termo de validade do mesmo e apresentar uma Declaração de Matrícula na Universidade Lusófona do Porto.

Na posse da sua Autorização de Residência, desde que solicite permissão ao SEF, o estudante poderá estudar e trabalhar durante o período de residência no país.


6 - Informação sobre bolsas de estudo

Estudante Brasileiro

São vários os organismos e instituições que põem à disposição de estudantes brasileiros bolsas para realizarem estudos universitários em Portugal.

Assim, podem ser tidos em consideração os seguintes:

  • CAPES e CNPq - As principais agências de financiamento no Brasil são a CAPES e o CNPq.
  • As Fundações de Amparo à Pesquisa Estaduais também oferecem, em alguns casos, bolsas de pesquisa ou ensino no exterior (ex.: FAPESP, FAPERJ, FAPESB)
  • O programa Ciência sem Fronteiras (CsF). Por favor, consulte o site do CNPq.
  • O Banco Santander Totta tem programas de bolsas que podem ser utilizadas por estudantes brasileiros que queiram frequentar a Universidade Lusófona durante um semestre. Os candidatos interessados devem contatar as suas universidades do Brasil.

7 - Razões para estudar na Universidade Lusófona do Porto

Localizada no Centro Histórico da cidade, a Universidade Lusófona do Porto é, nos termos do Artigo 2º dos seus Estatutos, "uma Instituição dedicada à criação, transmissão, crítica e difusão de cultura, arte, ciência e tecnologia que tem como objetivos o ensino, a investigação e a prestação de serviços nestes vários domínios, numa perspetiva interdisciplinar, em ordem ao desenvolvimento dos países e povos lusófonos, designadamente, no âmbito da Euro-Região do Noroeste Peninsular".

  • Temos uma dimensão internacional única e distintiva;
  • Temos um excelente índice de empregabilidade e satisfação entre os nossos alunos e antigos alunos;
  • Possuímos programas de intercâmbio e mobilidade internacional (Erasmus + e Leonardo Da Vinci e programas de formação internacionais e em consórcio;
  • Ensino e Investigação;
  • Desporto e Cultura.

ESTAS SÃO AS TUAS RAZÕES PARA NOS ESCOLHERES!

Inscrições abertas para o curso livre em Cultura e Língua Portuguesa.

Este curso permitirá aos alunos conhecer a cultura portuguesa com uma profundidade e num espaço de tempo determinantes para o seu sucesso académico, bem como dominar a língua lusa de forma a potenciar as suas capacidades cognitivas e facilitar a sua inserção social e profissional