Contacto WhatsApp 961135355

Universidade Lusófona do Porto

Estudante Internacional




1 - Calendário de candidaturas e provas


Fases de Candidatura para Estudantes Internacionais 2019-20

Calendário de candidatura para o Concurso especial de acesso e ingresso para estudantes internacionais 2019-20
Datas Provas internas Divulgação dos resultados
4 de fevereiro a 1 de março 2019 11 a 15 março 2019 25 março 2019
2 a 29 março 2019 * 8 a 12 abril 2019 29 abril 2019
30 março a 3 maio 2019 * 13 a 17 maio 2019 27 maio 2019
4 a 31 maio 2019 * 3 a 7 junho 2019 25 junho 2019
1 a 28 junho 2019 * 8 a 12 julho 2019 22 julho 2019
29 junho a 30 agosto 2019 * 9 a 13 setembro 2019 23 setembro 2019
31 agosto a 27 setembro 2019 * 7 a 11 outubro 2019 21 outubro 2019

* - Vagas Sobrantes
** - Caso existam vagas sobrantes serão definidas novas fases de candidaturas
*** - Fase extra destinadas a candidatura de alunos brasileiros titulares do Exame nacional do Ensino Médio - ENEM

Datas das provas por fases

Despacho Reitoral - Concurso Especial para Estudantes Internacionais

download

Matrizes das provas de ingresso

Prova Matemática Aplicada às Ciências Sociais

download

2 - Como realizar candidatura e os documentos necessários


Concurso para Estudante Internacional - Licenciaturas e Mestrados Integrados

O Concurso para Estudante Internacional aplica-se a alunos fora da União Europeia não titulares de curso superior que pretendam frequentar um Curso de Licenciatura ou Mestrado Integrado na Universidade Lusófona. Antes de realizar a candidatura consulte o Regulamento do Estudante Internacional

As candidaturas para o concurso Estudante Internacional com prova (sem ENEM) encontram-se encerradas. Poderá ainda inscrever-se em unidades curriculares avulso no presente ano letivo

Candidatar-me com ENEM

Documentos a entregar para candidaturas a Licenciatura ao abrigo do Concurso para Estudante internacional

Os estudantes internacionais devem apresentar no ato de candidatura ao concurso especial de acesso e ingresso os documentos seguintes:

  • Diploma ou certificados têm de evidenciar as circunstâncias da sua emissão de forma fidedigna e devem ser autenticados pelo Consulado Português no país emitente ou, se for caso disso, apostilados, nos termos da Convenção de Haia e traduzidos para a língua portuguesa por tradutor ajuramentado quando estiverem elaborados em língua diferente da portuguesa, espanhola, francesa ou inglesa;
  • Dos diplomas e certificados tem de constar, obrigatoriamente, a escala de classificação e a classificação final obtida no programa de ensino bem como que confere aos estudantes internacionais o direito de se poder candidatar e poder ingressar no ensino superior no país em que foi conferido
  • Ficha ENES, no caso de serem titulares do ensino secundário português;
  • Documentação exigida pela legislação aplicável, no caso de serem titulares de habilitação legalmente equivalente ao ensino secundário;
  • Uma fotografia tipo passe;
  • Documento de identificação pessoal e fiscal exigida pela legislação portuguesa (original e fotocópia) e ainda declaração de compromisso de entrega posterior de autorização de residência.

Os alunos com Exame Nacional do Ensino Médio ENEM (Brasil) válidos e exames nacionais de acesso ao ensino superior ficam dispensados da realização das provas internas.



3 - Estudantes Brasileiros

Todas as informações sobre candidaturas à Universidade Lusófona de Lisboa para estudantes oriundos do Brasil podem ser consultadas na página do estudante brasileiro.


4 - Informação sobre Mensalidades

O estudantes brasileiros pagam o mesmo valor que todos os outros alunos. Consulte a página com os diferentes valores por curso

Consulte todos os preços aqui

Lembre-se que em Portugal mensalidade = propina e taxas = emolumentos.

Informação para pagamentos

Número bancário Internacional
SWIFT/BIC: BCOMPTPL

  • Na transferência indique o seu número de aluno ou candidato
  • Envie um email para info@ulp.pt com comprovativo da transferência

PayPal (apenas para Candidaturas e Cursos Livres) - dados disponíveis após submissão do formulário de Candidatura/Inscrição.


5 - Diplomas e Certificados

Os diplomas e certificados têm de evidenciar as circunstâncias da sua emissão de forma fidedigna e devem ser autenticados pelo Consulado Português no país emitente ou, se for caso disso, apostilados, nos termos da Convenção de Haia e traduzidos para a língua portuguesa por tradutor ajuramentado quando estiverem elaborados em língua diferente da portuguesa, espanhola, francesa ou inglesa.

Dos diplomas e certificados referidos no nº 1 do Regulamento tem de constar, obrigatoriamente, a escala de classificação e a classificação final obtida no programa de ensino bem como que confere aos estudantes internacionais o direito de se poder candidatar e poder ingressar no ensino superior no país em que foi conferido.

Vistos

Após apresentação de candidatura e pagamento das taxas (de candidatura e da Declaração de Concessão de Visto) deve dirigir-se à Embaixada de Portugal ou ao Consulado português mais perto da sua área de residência.

Na página do Serviço de Estrangeiros e Fronteira (SEF) encontra todas as informações sobre o Visto de residência para estudo e a documentação que terá que apresentar.

Depois de chegar a Portugal, o seu visto, que terá validade de 120 dias, terá que ser substituído por uma Autorização de Residência, para esse efeito deverá dirigir-se ao SEF até um mês antes do termo de validade do mesmo e apresentar uma Declaração de Matrícula na Universidade Lusófona do Porto.

Na posse da sua Autorização de Residência, desde que solicite permissão ao SEF, o estudante poderá estudar e trabalhar durante o período de residência no país.


6 - Informação sobre bolsas de estudo

Estudante Brasileiro

São vários os organismos e instituições que põem à disposição de estudantes brasileiros bolsas para realizarem estudos universitários em Portugal.

Assim, podem ser tidos em consideração os seguintes:

  • CAPES e CNPq - As principais agências de financiamento no Brasil são a CAPES e o CNPq.
  • As Fundações de Amparo à Pesquisa Estaduais também oferecem, em alguns casos, bolsas de pesquisa ou ensino no exterior (ex.: FAPESP, FAPERJ, FAPESB)
  • O programa Ciência sem Fronteiras (CsF). Por favor, consulte o site do CNPq.
  • O Banco Santander Totta tem programas de bolsas que podem ser utilizadas por estudantes brasileiros que queiram frequentar a Universidade Lusófona durante um semestre. Os candidatos interessados devem contatar as suas universidades do Brasil.

7 - Razões para estudar na Universidade Lusófona do Porto

Localizada no Centro Histórico da cidade, a Universidade Lusófona do Porto é, nos termos do Artigo 2º dos seus Estatutos, "uma Instituição dedicada à criação, transmissão, crítica e difusão de cultura, arte, ciência e tecnologia que tem como objetivos o ensino, a investigação e a prestação de serviços nestes vários domínios, numa perspetiva interdisciplinar, em ordem ao desenvolvimento dos países e povos lusófonos, designadamente, no âmbito da Euro-Região do Noroeste Peninsular".

  • Temos uma dimensão internacional única e distintiva;
  • Temos um excelente índice de empregabilidade e satisfação entre os nossos alunos e antigos alunos;
  • Possuímos programas de intercâmbio e mobilidade internacional (Erasmus + e Leonardo Da Vinci e programas de formação internacionais e em consórcio;
  • Ensino e Investigação;
  • Desporto e Cultura.

ESTAS SÃO AS TUAS RAZÕES PARA NOS ESCOLHERES!

Inscrições abertas para o curso livre em Cultura e Língua Portuguesa.

Este curso permitirá aos alunos conhecer a cultura portuguesa com uma profundidade e num espaço de tempo determinantes para o seu sucesso académico, bem como dominar a língua lusa de forma a potenciar as suas capacidades cognitivas e facilitar a sua inserção social e profissional