Universidade Lusófona do Porto

Missão

A Universidade Lusófona do Porto (ULP) é uma Instituição de Ensino Superior (IES) que integra o Grupo Lusófona (maior grupo de ensino superior privado em Portugal - www.grupolusofona.pt ) que se expande por vários países de Língua oficial portuguesa (Brasil, Angola, Moçambique, Guiné e Cabo Verde) assumindo-se como uma instituição responsável pelo desenvolvimento científico, cultural, social e económico deste espaço geográfico e linguístico com mais de 200 milhões de habitantes.

A ULP iniciou a sua atividade no ano de 2005 (Aviso nº 2734/2005 de 16 março, publicado em Diário da República, II série), na sequência da vontade assumida pelo Grupo Lusófona de desenvolvimento do ensino, formação e investigação no norte do país e, especificamente, na cidade do Porto.

É neste contexto sócio-cultural e académico que a ULP tem vindo a granjear a sua identidade e reconhecimento e a marcar a vida universitária e cultural da cidade. 

A ULP é uma Instituição de Ensino Superior que assume a vocação de ensino, formação e investigação e que, simultaneamente, visa angariar um caráter próprio e diferenciador no respeita ao desenvolvimento científico, cultural, económico e social.

Em ordem à prossecução destes objetivos a Universidade desenvolve atividades de formação, investigação e prestação de serviços nas mais diversas áreas do conhecimento, procurando constantemente e de forma ativa constituir-se como um parceiro válido e imprescindível no desenvolvimento e progresso da nossa sociedade.

Quem somos?

A Universidade Lusófona do Porto é um projeto do maior grupo de ensino privado em Portugal, o Grupo Lusófona, caraterizada por solidez, dinamismo e inovação, contando atualmente com mais de 80 cursos de diversas áreas e ciclos de ensino, designadamente no âmbito das Faculdades:

A Universidade Lusófona do Porto assume como finalidade primeira da sua ação educativa a qualificação e promoção académico-profissional dos seus formandos, atendendo sempre a requisitos de qualidade, adequação ao mundo do trabalho e atualidade face aos constantes avanços proporcionados pela ciência e tecnologia, tendo em vista à construção de uma sociedade mais justa, solidária e equitativa.

É com este propósito que procura construir respostas educativas que articulem e integrem, por um lado, a unidade e a diversidade do ser humano num mundo global e, por outro, uma nova cultura da aprendizagem e do conhecimento, baseada na liberdade e responsabilidade pessoal, na autonomia, na cooperação e na solidariedade.

De uma forma permanente, a Universidade Lusófona do Porto procura promover:

  • a qualificação profissional de alto nível dos seus formandos, em sede de 1.º, 2.º e 3º ciclo de estudos, formação pós-graduada, formação especializada e formação contínua;
  • a formação intelectual, cultural, social e ética dos seus formandos;
  • a investigação científica orientada e a produção de conhecimento em ligação à sociedade;
  • a afirmação nacional e internacional, tornando-a cada vez mais significativa;
  • a prestação de serviços à comunidade e o apoio ao desenvolvimento harmonioso da pessoa humana.

Fundamentação do Projeto Educativo

A Universidade, como espaço de construção do conhecimento e pilar de edificação de identidades pessoais e sociais, concebeu o seu projeto educativo a partir das exigências académico-profissionais do contexto atual do ensino superior; das idiossincrasias da comunidade educativa; dos desafios que quotidianamente são colocados à sociedade atual pelo fenómeno da globalização. Nesse sentido, a Universidade Lusófona do Porto procura, de forma sistemática:

  • proporcionar o desenvolvimento das dimensões intelectual, social, ética e estética no âmbito dos cursos ministrados;
  • promover a aprendizagem ao longo da vida, desenvolvendo competências que induzam a consciencialização e prática de um processo contínuo de aprender a aprender;
  • garantir a qualidade de ensino, despertando a curiosidade científica e incentivando o espírito de investigação;
  • atender à formação integral da pessoa humana, respeitando as diferenças e relembrando continuamente a dimensão ética e social da vida;
  • respeitar a diversidade de referências culturais da comunidade educativa, transformando-a num fator de ampliação de conhecimento, encontro e enriquecimento humano;
  • propor uma sólida formação científica e sócio- cultural;
  • fomentar o interesse pela cultura em geral;
  • proporcionar a aquisição de competências que enriqueçam os formandos pessoal e profissionalmente;
  • contribuir para a edificação e consolidação de conhecimentos que transformem a sociedade contemporânea numa sociedade mais consentânea com os avanços da ciência e os princípios éticos da vida.

Em consonância com o seu projeto e com as exigências de uma maior intervenção no que concerne à investigação e desenvolvimento, a Universidade Lusófona do Porto tem dado passos para se organizar institucionalmente em prol desses pressupostos.

O aumento do número de docentes doutorados da ULP, estando também grande parte dos restantes docentes envolvidos em projetos de investigação conducentes à tese de doutoramento, tem permitido incrementar o desempenho na produção científica.

Verifica-se que estas mudanças qualitativas têm gerado uma boa dinâmica de investigação e parceria, tanto no que respeita à participação em projetos nacionais e internacionais, como no que respeita à produção de trabalhos científicos, cuja excelência aqui talvez alterasse excelência por qualidade se pode aferir pela participação em diversas conferências e encontros e consequente publicação.

A Universidade Lusófona do Porto, com o seu Projeto Educativo, quer prospetivamente continuar a:

  • desenvolver a sua acção educativa, adequando-a às necessidades que forem emergindo, ditadas pelo avanço da ciência, das tecnologias e mudanças societais impressas pela globalização;
  • manter e aprofundar a qualidade e as exigências de cada curso;
  • estabelecer prioridades no campo da investigação, desenvolvimento e inovação;
  • assumir, com criatividade, opções educacionais oportunas;
  • refletir, de forma continuada e crítica, sobre a atividade desenvolvida, no sentido de introduzir melhorias que se considerem necessárias para poder seguir o trilho da qualidade;
  • proporcionar formação pessoal, científica e profissional a todos os que integram a comunidade educativa, promovendo o seu desenvolvimento humano e o seu bem-estar pessoal e social.

Em síntese

A complexidade do tempo em que vivemos compromete-nos a todos na construção de uma sociedade mais equitativa e dialogante na qual ganhem novo sentido e dignidade, a formação superior, a vida e o trabalho, no âmbito do amplo horizonte mundializado da contemporaneidade. As instituições do ensino superior assumem uma nova preponderância neste domínio, exigindo-se-lhes que respondam com assertividade, oportunidade e criatividade aos constantes desafios decorrentes de uma nova concepção de espaço e de tempo, que impõe novas exigências. A Universidade Lusófona do Porto procura responder a este repto, colocando o enfoque na formação para o conhecimento, para a cidadania, para a vida e para o século XXI.